Avaí e Figueirense fazem clássico de história e rivalidade na Ressacada - Esporte - O Sol Diário
 

Catarinense 201828/01/2018 | 07h07Atualizada em 28/01/2018 | 19h14

Avaí e Figueirense fazem clássico de história e rivalidade na Ressacada

Times da Capital se enfrentam às 17h deste domingo

Avaí e Figueirense fazem clássico de história e rivalidade na Ressacada Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

 Peões ainda erguiam a Hercílio Luz quando começava a construção de outra marca de Florianópolis, o clássico Avaí e Figueirense. Do primeiro jogo em 1924 – a ponte ficou pronta dois anos depois – se passaram mais de 400 partidas em que a Capital do Estado se divide em azul e preto. Neste domingo, Florianópolis estará repartida outra vez porque tem jogo entre os dois times. Na Ressacada, no Sul da Ilha, os times se enfrentam a partir das 17h, pelo Campeonato Catarinense de 2018.

Confira como foi a partida na crônica de Avaí 3 x 3 Figueirense

É o primeiro dos, pelo menos, quatro clássicos deste ano (dois pelo Estadual e outros dois pela Série B). Não só por abrir a série de encontros, a imprevisibilidade enche corações e mentes porque as equipes chegam em estados similares. Mandante, o Avaí se recuperou do tropeço na estreia da competição e engatou duas vitórias seguidas, sendo a última em casa. Visitante, o Figueirense não perdeu no torneio, lidera com 100% de aproveitamento. E os times terão em campo força máxima na Ressacada.

Tudo do clássico entre Avaí e Figueirense no minuto a minuto do DC. Fique ligado!

O Leão poupou jogadores importantes na vitória sobre o Hercílio Luz, fora de casa, como Marquinhos e Judson, e ainda terá pela primeira vez à disposição o volante André Moritz. Na sexta-feira, o jogador que jogou em quatro países diferentes antes do retorno ao Avaí, garantiu estar pronto para o duelo.

— É um clássico, um jogo especial. Tem muito de lado emocional. Sabendo dosar, dá para jogar 90 minutos. Mas se for jogar 45 ou cinco minutos, estarei preparado – garantiu. 

O Figueirense aposta em um triunfo na casa do arquirrival. Tanto que apenas o goleiro Denis foi titular no triunfo sobre o Brusque, na quarta. Os que vinham jogando ficaram no banco de reservas. Além de ter atletas mais descansados, o técnico Milton Cruz deve utilizar o fator para confundir o adversário, chegou a fechar o treino de sexta-feira, e tentar passar com vitória seu primeiro clássico em Florianópolis, ainda que tenha na bagagem jogos de peso quando trabalhava em diferentes funções no São Paulo.

– Clássico não tem favorito. Eu vi várias vezes em São Paulo o Corinthians perder estando bem, o Palmeiras também. Não existe favorito no clássico. 

FICHA TÉCNICA

AVAÍ
Kozlinski; Tiago Cametá, Alemão, Betão e João Paulo; Judson, André Moritz e Marquinhos; Rafinha, Romulo e Maurinho. Técnico: Claudinei Oliveira

FIGUEIRENSE
Denis; Raul; Nogueira, Henrique Trevisan e Lazaroni; Zé Antonio, Betinho, Felipe Amorim e João Paulo; Maikon Leite e André Luís. Técnico: Milton Cruz

ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Alex dos Santos e Johnny Barros de Oliveira
DATA E HORA: domingo, às 17h
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca