Concórdia faz o crime e vence o Avaí pelo Catarinense 2018 - Esporte - O Sol Diário

Estadual31/01/2018 | 22h28Atualizada em 31/01/2018 | 22h48

Concórdia faz o crime e vence o Avaí pelo Catarinense 2018

Efetivo, Galo do Oeste marca duas vezes no primeiro tempo e contém as poucas investidas do Leão na Ressacada

Concórdia faz o crime e vence o Avaí pelo Catarinense 2018 Leo Munhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Crime feito. Então lanterna do Campeonato Catarinense 2018, o Concórdia botou na conta todos os pontos em disputa diante do Avaí em plena Ressacada. O Galo do Oeste bicou certeiro e venceu o Leão por 2 a 0, na noite desta quarta-feira. Tirou dos azurras a chance de se enfiar entre os líderes. O time do Oeste agora é o sexto colocado. 

As equipes voltam à campo no domingo, às 17h. O Avaí vai a Criciúma enfrentar os donos da casa. Já o Concórdia estará em seus domínios para encarar o Inter de Lages.  

Veja como foio o minuto a minuto de Avaí x Concórdia

Quando começava a complicar o adversário, o Avaí foi surpreendido. O ponteiro estava na sua oitava volta quando Gelson arriscou de fora da área. Não pegou bem na bola, mas ela acertou Alemão pelo caminho, traiu Kozlinski e entrou. O Concórdia então passou a segurar a partida, seja matando tempo ou abusando das faltas. As coisas não iam bem para o Leão. Aos 21, Rafinha acusou dores musculares e o técnico Claudinei Oliveira queimou substituição cedo. Lourenço entrou. Os azurras tentaram chegar, e não conseguiram mais do que isso. O Galo foi efetivo ao segurar o adversário e também na frente. Aos 44, Paulinho acertou o tiro cruzado e colocado que bateu no travessão antes de virar 2 a 0 aos visitantes. 

O Leão era todo pressão no segundo tempo. No começo da etapa, Marquinhos e Romulo arriscaram, mas o goleiro defendeu e a bola foi para fora, respectivamente. O treinador azurra arriscou ao tirar o volante Luan e colocar o atacante Getúlio, aos 10 minutos. Pouco depois, saiu Romulo e entrou Luanzinho. Ainda assim, o Avaí esbarrava no ferrolho do Galo. As jogadas de bola parada não tinham efeito. A alta defesa dos visitantes era soberana. 

Marquinhos, já no finzinho, quase marcou gol olímpico. O goleiro botou para fora. Foi um lance raro dos azurras até o último apito na Ressacada.  O Concórdia de Mauro Ovelha ainda congestionou o meio de campo retirando atacantes para assegurar a vitória do Galo do Oeste.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 
Kozlinski; Cametá, Alemão, Betão e João Paulo; Luan (Getúlio), André Moritz e Martinuccio; Rafinha (Lourenço), Marquinhos e Romulo. Técnico: Claudinei Oliveira 

CONCÓRDIA
Carlos; Júnior Sergipano, Gabriel Peres e Igor Brondani; Ramon, Gelson, Lucas, Paulinho (Miguel) e Zeca; Aldair (Romarinho) e Elton Martins (Flávio). Técnico: Mauro Ovelha 

GOLS: Gelson, aos 8 do primeiro tempo, e Paulinho, aos 44 do primeiro tempo (C). 
CARTÕES AMARELOS: André Moritz, Betão e Luanzinho (A). Cartos, Lucas e Gelson (C). 

ARBITRAGEM: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Éder Alexandre e Alexandre de Medeiros Lodetti.
BORDERÔ: 4.063 torcedores, para uma renda de R$ 66.000,00
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

Veja a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca