Contra o Itabaiana-SE, Joinville estreia na Copa do Brasil - Esporte - O Sol Diário
 

Em Sergipe31/01/2018 | 08h11Atualizada em 31/01/2018 | 08h11

Contra o Itabaiana-SE, Joinville estreia na Copa do Brasil

Partia é nesta quarta-feira, às 21h30 e vale vaga à segunda fase da competição

Contra o Itabaiana-SE, Joinville estreia na Copa do Brasil Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

O Joinville estreia hoje na Copa do Brasil e terá pela frente uma grande oportunidade de colocar as contas em dia. Em 2018, a competição nacional se consolidou como o torneio que mais oferece prêmios no País e na América do Sul. São mais de R$ 278 milhões distribuídos entre os 91 participantes. Para o JEC, só por ser um participante, já há um ganho de R$ 500 mil. No entanto, se passar pelo Itabaiana-SE, a partir das 21h30, os lucros podem ser ainda maiores. 

O exemplo está em 2017. Por ter chegado à quarta fase, o Tricolor faturou mais de R$ 2,5 milhões. Se repetir o feito neste ano, receberá mais de R$ 4,3 milhões. Por este motivo, internamente, a competição é vista como um verdadeiro pote de ouro. 

Na primeira fase, por ter estar melhor qualificado no ranking da CBF, o Joinville atua como visitante e tem a vantagem do empate. A equipe de Rogério Zimmermann só perderá a vaga na segunda fase para o Itabaiana se for derrotada. Ou seja, além do favoritismo, o regulamento está ao lado. 

Estas vantagens, em contrapartida, aumentam a responsabilidade sobre os comandados de Zimmermann. Até mesmo a questão das premiações surge como pressão para os tricolores. Por esta razão, o treinador tentou minimizar a questão do dinheiro às vésperas do confronto.

– Realmente se fala da questão financeira na Copa do Brasil. Mas nós, da comissão técnica e jogadores, nem sabemos quanto é. Existe sim, querer passar de fase porque eu acredito que é uma competição nacional e tem visibilidade, mas não pela questão financeira – afirmou. 

Zimmermann foi tão enfático na despreocupação com a premiação que chegou a dizer que nada mudará na vida do JEC financeiramente se o time for eliminado. Por parte da comissão técnica e dos jogadores, não é relevante a questão financeira, embora a gente entenda e não fique distante do que acontece no clube. 

Dentro de campo, a dúvida está no ataque. Rafael Grampola deixou a partida contra a Chapecoense se queixando de dores no músculo posterior da coxa esquerda. Os exames não apontaram lesão, mas ele continua como incógnita entre os titulares. Como o treino de ontem no Sergipe foi fechado, não há pistas em relação ao aproveitamento do jogador. A condição de outros atletas também será avaliada por causa do desgaste físico provocado pela viagens de Joinville e Chapecó e de Chapecó ao Sergipe. Se não houver problemas, a tendência é a manutenção da base que vem atuando no Campeonato Catarinense. 

FICHA TÉCNICA

ITABAIANA-SE x JOINVILLE

ITABAIANA-SE
Andrade; Léo Lima, Diego Bispo, Ramon Baiano e Juninho; Mica, Eduardo, Icaro e Branco; Genildo e Danielzinho.
Técnico: Gilberto Pereira.

JOINVILLE
Matheus; Dick, Bruno Aguiar, Evaldo e Alex Ruan; Eduardo Person, Michel Schmöller, Thiago Alagoano, Murilo Rangel e Madson; Rafael Grampola (Marlyson).
Técnico: Rogério Zimmermann.

ARBITRAGEM: Emerson de Almeida Ferreira (MG), auxiliado por Ricardo Junio de Souza (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG).
DATA E HORA: quarta-feira, dia 31, às 21h30min.
LOCAL: Estádio Etelvino Mendoça, em Itabaiana (SE). 

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTécnico da Chapecoense cita postura diferente diante do Santos https://t.co/62LQ1KbwJJhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioVídeo: Maurício Shogun é nocauteado em pé no UFC Hamburgo https://t.co/7AKhrhyis6há 9 horas Retweet
O Sol Diário
Busca