Figueirense encerra jejum de cinco meses ao vencer como visitante - Esporte - O Sol Diário
 

Fim da seca22/01/2018 | 10h25

Figueirense encerra jejum de cinco meses ao vencer como visitante

Última vitória fora de casa tinha sido no dia 5 de agosto, sobre o Paysandu, na Série B

Figueirense encerra jejum de cinco meses ao vencer como visitante Luiz Henrique / Figueirense / Divulgação/Figueirense / Divulgação
Foto: Luiz Henrique / Figueirense / Divulgação / Figueirense / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

A vitória do Figueirense, por 2 a 1, sobre o Tubarão, domingo, no Domingos Gonzales, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense 2018, teve um significado ainda maior que a manutenção dos 100% de aproveitamento na competição. O Furacão encerrou um jejum de cinco meses sem triunfo como visitante. O feito agradou o técnico Milton Cruz, que após o jogo disse  ter sido um placar importante diante de um adversário que vai tirar pontos de outros rivais no Estadual jogando em Tubarão.

– De 20 jogos que eu fiz até aqui no comando do time, foram 10 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Infelizmente não tivemos vitórias fora de casa por circunstâncias, mas agora a vitória veio no momento correto. Não é fácil vir até aqui (em Tubarão) e tirar pontos de uma equipe que treina há um bom tempo. O Tubarão vai tirar pontos de times aqui (no Domingos Gonzales). Por isso é extremamente importante esse nosso resultado – disse o treinador.

A última vitória do Figueirense fora de casa tinha sido no dia 5 de agosto, pela 19ª rodada - a última do turno -, na Série B do Brasileiro do ano passado. Na ocasião, jogando em Belém, o atacante Robinho, que atualmente atua pelo Fluminense, marcou na vitória por 1 a 0 sobre o Paysandu. O jejum durou 10 jogos, sendo seis empates e quatro derrotas. 

Apesar dos três pontos, Cruz disse que vê o Figueirense no caminho certo, mas ponderou que ainda falta muita coisa para ser acertada até deixar o time da maneira que considera ideal para o decorrer da temporada. Contra o Tubarão, aliás, o treinador ressaltou ter sido necessário ajustar algumas situações no intervalo para que o Furacão conquistasse mais uma vitória. Assim, o time está com 100% de aproveitamento, igual a Chapecoense.

– Acho que estamos no caminho certo, mas ainda temos que melhorar muito para conseguir os objetivos. O time teve pouco tempo de treinamento, e o Tubarão está inteiro. Tivemos o clássico na quarta-feira e isso pesou. Soubemos suportar a pressão. Fizemos o gol, sofremos o empate e ajustamos depois do intervalo. Mas isso é normal em uma equipe que teve 15 dias apenas de preparação – completou Milton Cruz.

O Figueirense tem seis pontos, empatado com a Chape, mas na segunda colocação por ter menor saldo de gols em relação à rival (três contra dois). Na quarta-feira, às 20h30min, o Furacão volta a campo contra o Brusque, no Orlando Scarpelli, pela terceira rodada. 

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioHomens e mulheres de ferro: a dureza dos atletas amadores que vão disputar o Ironman 70.3 Florianópolis https://t.co/UykT8WSK4Phá 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioBrusque, Inter de Lages e Tubarão iniciam luta pelo acesso na Série D https://t.co/YonO9ezqiChá 9 horas Retweet
O Sol Diário
Busca