Quase um terço dos gols do Catarinense 2018 são marcados em jogadas de bola parada - Esporte - O Sol Diário
 

Estadual25/01/2018 | 13h57Atualizada em 25/01/2018 | 15h10

Quase um terço dos gols do Catarinense 2018 são marcados em jogadas de bola parada

Dos 30 tentos assinalados em 15 jogos, nove partiram de faltas ou escanteios

Quase um terço dos gols do Catarinense 2018 são marcados em jogadas de bola parada Tarcio Baron / Concórdia AC/Concórdia AC
Foto: Tarcio Baron / Concórdia AC / Concórdia AC
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Bola parada só pelo nome. A jogada originou praticamente um terço dos gols do Campeonato Catarinense 2018. Dos 30 tentos anotados nestas três primeiras rodadas de competição, nove foram gerados a partir de cobranças de faltas e de escanteios. Na última quarta-feira, quatro dos 11 gols da terceira rodada foram em lances desta natureza.

O time que mais utilizou a jogada para alcançar as redes foi o Tubarão. Ainda que na lanterna do Catarinense, zerado na pontuação, não passa jogo em branco. Dos quatro gols que marcou até agora, três foram em lance de bola parada. No quesito, dividem a segunda posição o Concórdia e o Hercílio Luz. Brusque e Criciúma ainda não conseguiram chegar ao fundo das redes utilizando desta jogada. 

Foi com ela que o centroavante Rafael Grampola anotou o terceiro gol na vitória de 4 a 0 do Joinville sobre o Inter de Lages. A bola vinda do corner foi escorada por ele para saltar na artilharia do Estadual com os tentos anotados na noite de quarta-feira na Arena Joinville. Como finalizou com o peito, fica de fora dos sete gols de cabeça anotados neste Catarinense 2018.

Com os 11 gols da noite de quarta-feira, o campeonato chegou à média de dois gols por jogo.

O Sol Diário
Busca