Trio cita pressão e adota discurso otimista em chegada ao Figueira - Esporte - O Sol Diário
 

Reforços12/01/2018 | 16h35Atualizada em 12/01/2018 | 16h36

Trio cita pressão e adota discurso otimista em chegada ao Figueira

Samuel Santos, Nogueira e Felipe Amorim querem títulos e acesso pelo Furacão

Trio cita pressão e adota discurso otimista em chegada ao Figueira Luiz Henrique/Figueirense
Samuel Santos, Nogueira e Amorim sonham alto pelo Alvinegro Foto: Luiz Henrique / Figueirense
DC Esportes
DC Esportes

O lateral-direito Samuel Santos, o zagueiro Nogueira e o meia-atacante Felipe Amorim foram apresentados nesta sexta-feira pelo Figueirense. Em comum entre eles? O discurso otimista. O trio, que reforça o Alvinegro no Catarinense, está ciente da obrigação ao longo da temporada, a começar pelo Estadual competição que no ano passado o time terminou na oitava colocação no geral.

– A expectativa é muito grande. Sabemos dos desafios na temporada, como o Catarinense e a Série B, onde temos que colocar o time de volta à Série A. O elenco tem grandes jogadores, atletas de renome. Eu chego para somar e acrescentar, ainda mais com os mais jovens, que será uma mescla muito boa – falou Felipe Amorim, que no ano passado conquistou o acesso e o título da Série B pelo América-MG.

Reforço para a defesa, o zagueiro Nogueira tem 22 anos e está no Figueira por empréstimo junto ao Fluminense. O defensor apontou que a conquista do Catarinense é o primeiro passo para o clube ao longo de 2018. Ele, aliás, elogiou os companheiros de elenco e aposta que o Alvinegro vai conseguir ter uma boa temporada.

– Estou aqui para somar com os demais reforços e ajudar o Figueirense a tomar o seu lugar na Série A. Acho que o primordial é a vontade de vencer. Os mais jovens querem alcançar um patamar maior, mas vencer é sempre o melhor. Falaram que é um campeonato disputado. Sei da importância. E um clube como o Figueirense tem que buscar título – disse o zagueiro.

O lateral-direito Samuel Santos surge como opção para o lugar de Dudu, negociado com o Internacional. Aos 27 anos, o jogador tem passagens por clubes do futebol de São Paulo, mas estava atuando pelo Marítimo, de Portugal. No ano passado, ele quase acertou para jogar pelo Figueirense na Série B, mas a negociação não evoluiu. Agora, o atleta tem boa expectativa em relação à temporada atual.

– Era para eu estar aqui em setembro, mas a documentação não ficou pronta a tempo. Minha expectativa é boa. O Figueirense montou um bom time, com jogadores importantes que passaram em clubes tradicionais. Vamos fazer um grande ano, a começar pelo Catarinense e depois conquistando o acesso à Série A. Espero que possa fazer igual ou melhor que ele (Dudu) para conquistar o carinho de todos – completou o lateral.

A diretoria do Figueirense confirmou o cancelamento do jogo-treino contra o Fluminense de Joinville, agendado para o sábado. Assim, o time não fará teste até a estreia, na quarta-feira, às 21h45min, contra o Criciúma, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. 

Leia outras notícias do Figueirense

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioZé Carlos abre o jogo sobre frustrações, superação do Criciúma e relação com Mazola https://t.co/sNd32IU29Hhá 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí visita crianças do Hospital Infantil Joana de Gusmão https://t.co/tvONHE9M2mhá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca