Atletas do Avaí criticam postura do time em campo na derrota para a Chape - Esporte - O Sol Diário
 

Catarinense 201818/02/2018 | 19h25Atualizada em 18/02/2018 | 19h25

Atletas do Avaí criticam postura do time em campo na derrota para a Chape

Leão perde por 1 a 0 na Arena Condá

Atletas do Avaí criticam postura do time em campo na derrota para a Chape Márcio Cunha./Especial
Foto: Márcio Cunha. / Especial
DC Esportes
DC Esportes

No fechamento do primeiro turno do Campeonato Catarinense 2018, o Avaí perdeu para a Chapecoense por 1 a 0 na Arena Condá na tarde deste domingo. Apesar do resultado negativo, que deixou o Leão estacionado na terceira colocação da competição, foi a postura do time dentro de campo o alvo das reclamações dos atletas após o apito final.

- A gente precisava jogar um pouco mais. A gente deixou de jogar, tinha que se impor mais. Mas serve de aprendizado. Infelizmente, a gente errou na bola parada e eles foram felizes para fazer o gol - criticou o lateral-direito Guga.

Na avaliação do jogador, a equipe da Capital não conseguiu encaixar o seu sistema de jogo diante do Verdão, que teve a defesa vazada em apenas duas oportunidades após novo jogos pelo Estadual. Agora, ele espera que o Leão tenha outra postura no duelo contra o Juventude, na quinta-feira, pela Copa do Brasil, em Caxias (RS).

- Isso serve de aprendizado. O time provou que tem qualidade, só que hoje não conseguiu impor nosso contr-ataque. No próximo jogo, temos que trabalhar melhor para conquistar a vitória - destacou.

E ele não foi o único a deixar o campo reclamando da postura azurra durante os 90 minutos na Arena Condá. O volante Luan acompanhou o jovem lateral nas críticas:

- Infelizmente, faltou um pouco de agressividade nossa na frente. Não tem que lamentar. Temos que corrigir porque quinta-feira temos uma final em Caxias. 

Confira mais notícias sobre o Campeonato Catarinense 2018
Confira a tabela do Estadual.

O Sol Diário
Busca