Figueirense atual tem a quarta maior série invicta da década, e a de melhor aproveitamento - Esporte - O Sol Diário
 

Embalado09/02/2018 | 06h37Atualizada em 09/02/2018 | 06h37

Figueirense atual tem a quarta maior série invicta da década, e a de melhor aproveitamento

Equipe tem 80% de aproveitamento nos 10 jogos sem derrota desde a final da Série B do ano passado e arrancada em 2018

Figueirense atual tem a quarta maior série invicta da década, e a de melhor aproveitamento Luiz Henrique/Figueirense FC
Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC
DC Esportes
DC Esportes

Figueirense no embalo de vitórias. A equipe alvinegra está invicta na temporada e constrói uma série sem derrotas que faz frente às melhores desta década. Somados os três jogos do final da Série B do Campeonato Brasileiro com os sete desta temporada o Alvinegro chega a 10 partidas de invencibilidade. É a quarta maior dos anos 2010, mas a melhor delas.

Isso porque a campanha nestes 10 compromissos (sete vitórias e três empates) resulta no aproveitamento de 80% dos pontos disputados. As maiores invencibilidades alvinegras desde 2011 não alcançaram este percentual. O número expressivo é fruto do trabalho do técnico Milton Cruz. Ela assumiu a equipe no ano anterior, na virada do turno para o returno da Segundona Nacional. Tem apenas cinco derrotas em 26 jogos no comando da equipe. Nos últimos 10, entre a temporada passada e esta faz o Figueira fazer frente aos melhores momentos da história recente do clube.

— Não sei se sou treinador de sorte. A montagem do elenco foi importante. Treinador não quer mais pegar time no decorrer do campeonato. Peguei no ano passado e acabei encarando, disseram que era dinamite no colo. Com o trabalho e coragem conseguimos fazer o Figueirense sair da zona desconfortável e tive respaldo para a montagem da equipe neste ano — resume o treinador sobre a campanha pelo clube, com 60,2% de aproveitamento total (13 vitórias, oito empates e cinco derrotas).

Milton Cruz tenta levar o Figueira para a maior série sem derrota na década. Em 2011 foram 14 partidas sem ser batido. Entre setembro e novembro daquele ano, a equipe comandada pelo técnico Jorginho teve sete vitórias e sete empates na Série A do Campeonato Brasileiro — 66,7%. Uma sequência que daria ao clube a sétima colocação final na competição.

Anos depois, em 2015 e 2016, o Figueirense passou perto de igualar a maior invencibilidade da década. Entre compromissos do Catarinense e da Copa do Brasil, no começo da temporada, o Alvinegro ficou 12 jogos seguidos sem amargar derrota. As sequências tiveram sete vitórias e cinco empates. O aproveitamento foi superior. Mas os 72,2% destes dois anos ainda é inferior ao da série invicta atual.

As melhores invencibilidades do Figueira na década

2017-2018 (atual) - 10 jogos
7 vitórias e 3 empates
80% de aproveitamento
(Série B 2017, Catarinense e Copa do Brasil)

2016 - 12 jogos
7 vitórias e 5 empates
72,2% de aproveitamento
(Catarinense e Copa do Brasil)

2015 - 12 jogos
7 vitórias e 5 empates
72,2% de aproveitamento
(Catarinense e Copa do Brasil)

2011 - 14 jogos
7 vitórias e 7 empates
66,7% de aproveitamento
(Série A do Campeonato Brasileiro)

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioClaudinei Oliveira justifica substituições e vê injusta eliminação do Avaí: "Não merecíamos"  https://t.co/EnFCDvAF0Ghá 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJudson aponta o Avaí com iniciativa somente após estar atrás no placar https://t.co/bENY7hxj5hhá 13 horas Retweet
O Sol Diário
Busca