Marca fatal: Catarinense 2018 chega aos 10 pênaltis marcados, e todos convertidos - Esporte - O Sol Diário
 

Estadual26/02/2018 | 12h28Atualizada em 26/02/2018 | 12h28

Marca fatal: Catarinense 2018 chega aos 10 pênaltis marcados, e todos convertidos

Das 10 penalidade máximas, 8 foram por causa de falta dentro da grande área

Marca fatal: Catarinense 2018 chega aos 10 pênaltis marcados, e todos convertidos Marco Favero/Diário Catarinense
Alemão, do Avaí, converteu o 10º pênalti deste Catarinense Foto: Marco Favero / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

A marca dentro da área é fatal. O Campeonato Catarinense 2018 chegou a 10 penalidades máximas concedidas nesta 10ª rodada da competição – média de um pênalti por rodada. E neste ano os cobradores estão calibrados e precisos. O aproveitamento da marca penal é de 100%. Não houve batida para fora ou que tenha sido defendida pelos goleiros.

A equipe que mais teve penalidades a favor foi o Joinville, com três, seguido por Avaí e Concórdia, duas cada. Já Figueirense, Inter de Lages e Tubarão são as equipes com mais pênaltis contra, com dois cada um. Das 10 marcações da arbitragem, apenas duas foram por mão na bola. As outras oito foram por causa de falta dentro da área. Como a que gerou o gol do zagueiro Alemão, o primeiro do Avaí na vitória por 3 a 2 sobre o Inter de Lages neste domingo.

A partida na Ressacada foi com maior quantidade de redes balançadas nesta 10ª rodada do Estadual. O duelo contribuiu para os 13 gols neste domingo e que levantou a média de 2,32 para 2,34 tentos por jogo no Catarinense. Porém, os artilheiros ficaram estagnados no fim de semana. André Luís (Figueirense) e Rafael Grampola (Joinville), cada um com seis anotados, não chegaram ao fundo do barbante, tampouco o segundo colocado entre os goleadores, Lima (Hercílio Luz), que anotou cinco até agora.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca