No jogo mais importante da sua história, Tubarão enfrenta o Atlético-PR em Curitiba - Esporte - O Sol Diário
 

Copa do Brasil21/02/2018 | 07h08Atualizada em 21/02/2018 | 07h08

No jogo mais importante da sua história, Tubarão enfrenta o Atlético-PR em Curitiba

Peixe vai fazer o primeiro jogo fora de Santa Catarina após 13 anos de fundação

No jogo mais importante da sua história, Tubarão enfrenta o Atlético-PR em Curitiba Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

 Simplesmente o maior jogo da história do Tubarão. É a primeira partida oficial fora dos limites de Santa Catarina nos 13 anos do time, na terceira temporada como clube-startup. O Peixe estará na Arena da Baixada para o duelo contra o Atlético-PR às 19h30min desta quarta-feira pela segunda fase da Copa do Brasil. O confronto de integrante da elite nacional contra a equipe que aguarda para disputar a Série D pela primeira vez.

A missão dos tubaronenses na competição foi cumprida na primeira fase, ao passar pelo América-RN com a vitória por 2 a 0. Nesta quarta, o elenco tentará o chamado algo a mais. Em caso de empate no tempo normal, a classificação será decidida nas cobranças de penalidades.

— Precisamos estar conscientes de que não vamos ter outra chance, é uma final. Para isso todos têm de estar atentos e ter algo mais. Para vencer o Atlético-PR, é necessário coragem e personalidade vencedora, o que espero da nossa equipe — disse o técnico Waguinho Dias antes do treino apronto, no CT do Caju, de propriedade do adversário.

O Tubarão vai para o confronto fatigado pela maratona de jogos do Estadual. Por isso, não é descartado ao técnico Waguinho Dias deixar atletas considerados titulares de fora por causa do desgaste físico. Ainda, a equipe perdeu o zagueiro William Mineiro e o atacante Rodrigo Alves, machucados. Petterson e Nikolas Farias são os substitutos.

Já o Atlético-PR vem descansado para o duelo. O clube jogou as partidas de fevereiro pelo Paranaense com time de aspirantes, inclusive com outro treinador. Os titulares atuaram a última partida oficial em 30 de janeiro, justamente o empate sem gols com o Caxias que classificou o time para encarar o Peixe. A única dúvida do técnico Fernando Dinizi é no trio de zaga. Paulo André se recuperou de lesão recentemente e pode dar lugar ao chileno Pavez.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR
Santos; Wanderson, Paulo André (Pavez) e Thiago Heleno; Jonathan, Raphael Veiga, Matheus Rossetto e Carleto; Nikão, Guilherme e Ribamar. Técnico: Fernando Diniz.

TUBARÃO
Belliato; Marcos Vinícius, Jailton, Petterson e Jean; Matheus Barbosa, Guilherme Amorim, Everton Dias e Daniel Costa; Nikolas Farias (Romarinho) e Batista. Técnico: Waguinho Dias.

ARBITRAGEM: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Márcio Soares Maciel (trio do GO)
DATA E HORA: 19h30min de quarta-feira.
LOCAL: Arena da Baixada, em Curitiba.

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca