Avaí tenta melhorar números em confronto diante do ameaçado Brusque - Esporte - O Sol Diário
 

Catarinense28/03/2018 | 07h45Atualizada em 28/03/2018 | 11h57

Avaí tenta melhorar números em confronto diante do ameaçado Brusque

Confronto é nesta quarta-feira às 21h45min na Ressacada pela penúltima rodada

Avaí tenta melhorar números em confronto diante do ameaçado Brusque Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

A campanha do Avaí no returno do Campeonato Catarinense 2018 é a quinta pior entre os 10 times. A situação se complica se considerar que o Leão é o lanterna considerando apenas os jogos como mandante. Com a final do Estadual já definida, os azurras tentam nas duas últimas partidas ter a melhora dos números. A começar nesta quarta-feira, às 21h45min contra o Brusque, na Ressacada, pela 17ª rodada - a penúltima da primeira fase. 

Em sete jogos no returno, o Leão acumula duas vitórias, dois empates e três derrotas: 38,1% de aproveitamento. Os números atuando em casa são exatamente os mesmos em toda a competição. Com essas marcas, o Avaí ocupa apenas a quinta colocação no geral, com 22 pontos. O time não vence desde que fez 2 a 0 sobre o Joinville pela 11ª rodada. Desde então, foram dois empates e três quedas, as duas últimas para Criciúma e Tubarão, ambas por 2 a 1 e de virada.

– Claro que a cobrança por títulos no Avaí sempre vai existir. Ainda mais pelo campeonato nos dar a chance de ser campeão. E por esse lado não foi o que esperamos. O torcedor não quer saber se colocamos os garotos na maioria dos jogos. Queríamos estar na decisão, mas não estamos. Podíamos ter feito um campeonato melhor em casa, mas erramos. Futebol não tem o "se". Se não fizer no momento, isso não volta – falou Marquinhos, que, liberado de suspensão, deve atuar.

Para zerar o risco de queda

Eliminar de vez qualquer risco de rebaixamento é a meta do Brusque. Em sétimo lugar, com 18 pontos, o time tem cinco a mais que Inter de Lages e Concórdia, os dois times na zona de rebaixamento. Além disso, uma boa colocação pode facilitar a conquista de uma vaga na Copa do Brasil e na Série D de 2019. O técnico Pingo vê o elenco motivado após boa partida feita contra a Chapecoense: empate por 2 a 2.

– Na nossa cabeça passa a ideia de conseguir duas vitórias nesses últimos dois jogos para terminar bem o campeonato. Além de definitivamente escapar (do rebaixamento), também buscar uma vaga na Série D – projeta Pingo, que não terá os laterais Edílson e Ronaell, suspensos, além de João Carlos, Rafinha e Hélio Paraíba, lesionados.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ X BRUSQUE

AVAÍ
Aranha; Guga, Alemão, Betão e João Paulo; Luan, Marcinho e Marquinhos; Luanzinho, Rafinha e Getúlio. Técnico: Claudinei Oliveira. 

BRUSQUE
André Luís; Carlos Alberto, Cleyton, Douglas Silva e Neguette; Valkenedy, Bidía, Adãozinho e Jean Dias; Anderson Safira e Rafinha (Jefferson Renan). Técnico: Pingo.

ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Neuza Inês Back e Clair Dapper.
DATA E HORA: quarta-feira às 21h45min.
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca