Claudinei reforça "humildade" para o Avaí após virada na Copa do Brasil - Esporte - O Sol Diário
 

Em vantagem02/03/2018 | 08h07Atualizada em 02/03/2018 | 08h07

Claudinei reforça "humildade" para o Avaí após virada na Copa do Brasil

Palavra é ordem do técnico para o elenco depois da vantagem pelo 2 a 1 sobre o Fluminense

Claudinei reforça "humildade" para o Avaí após virada na Copa do Brasil Lucas Merçon/Fluminense
Foto: Lucas Merçon / Fluminense
DC Esportes
DC Esportes

O Avaí surpreendeu e venceu, de virada, o Fluminense no primeiro jogo pela terceira fase da Copa do Brasil. A equipe azurra saiu atrás e conseguiu o 2 a 1 com gols de André Moritz e Romulo. O resultado dá vantagem ao Leão para o jogo de volta na busca pela classificação, podendo jogar pelo empate. O técnico Claudinei Oliveira alerta desde o Engenhão, assim que encerrada a partida na noite de quinta-feira, para que o conjunto azul e branco tenha claro que a vantagem adquirida é pequena.

LANCES! Confira como foi o Minuto a Minuto da partida.

— Vamos trabalhar a vantagem com humildade. Nunca gostei do gol qualificado. O gol é gol em qualquer lugar. Foi colocado para diminuir a duração das partidas, por causa dos pênaltis. Mas nossa vantagem é mínima, pequena. O Fluminense tem qualidade, individualmente e taticamente. Na hora da vitória temos de ter o máximo de humildade. Vamos ter sequência de jogos e vamos analisar a situação. No reencontro com o Fluminense, que possamos ter sucesso, e com respeito a um time que é um dos grandes. Não conquistamos nada ainda. Precisamos ter humidade — informou o treinador.

Claudinei Oliveira aprovou a primeira partida do goleiro Aranha. Em sua estreia, Aranha falhou em lance aos 10 minutos da etapa inicial, em saída atrasada do gol que gerou a abertura do placar. No entanto, no decorrer do duelo, cresceu e foi decisivo para que o resultado fosse positivo fora de casa.  

— Todo o atleta que está em campo falha, mas quando ocorre com o goleiro fica mais evidente. Não vi o lance (do gol do Fluminense), pretendo rever. Mas sabíamos que sentiria ritmo de jogo, a última que ele foi em 3 de dezembro, pela Ponte Preta. Isso é algo que pesa na hora de trocar um jogador. Não é simples, como acham que é apenas trocar um pelo outros. Aos poucos o Aranha foi ajustando a passada, acertando a saída de gol. Demora jogar com ritmo. Conversei com o Maurício (Kozlinski), confio muito nele, sigo confiando, mas se ocorresse uma falha dele, a culpa agora seria minha. O Aranha se colocou à disposição, apesar de não estar 100%, não teve medo de jogar. Ele foi melhorando, fez boas defesas e foi importante para esta vitória da equipe — avaliou Claudinei

O reencontro com o Fluminense está marcado para o dia 15, às 21h30min, na Ressacada. O Leão pode empatar para chegar à quarta fase. O próximo compromisso é pelo Campeonato Catarinense. A equipe azurra vai a Joinville enfrentar os donos da casa às 17h de domingo, na Arena Joinville.

Confira a tabela da Copa do Brasil
Confira mais notícias no
Diário Catarinense

O Sol Diário
Busca