JEC cede empate ao Hercílio em jogo com dois gols de Lima - Esporte - O Sol Diário
 

Campeonato Catarinense de 201817/03/2018 | 20h56Atualizada em 17/03/2018 | 20h56

JEC cede empate ao Hercílio em jogo com dois gols de Lima

Tricolor vencia por 3 a 1, mas voltou a apresentar irregularidade na segunda etapa e desperdiçou a chance de voltar a vencer na estreia do técnico Matheus Costa

JEC cede empate ao Hercílio em jogo com dois gols de Lima Divulgação / JEC/JEC
Foto: Divulgação / JEC / JEC

Na estreia do técnico Matheus Costa, o JEC teve tudo para voltar a vencer no Campeonato Catarinense, mas sofreu três gols no segundo tempo e cedeu o empate ao Hercílio Luz. O placar de 3 a 3 teve gols de Rafael Grampola, Eduardo Person e Michel Schmöller (Joinville) e Lima (dois) e Levi (Hercílio Luz). 

Lima, maior artilheiro da história do JEC, foi o grande nome do jogo. Quando o duelo parecia definido a favor do JEC, ele marcou o primeiro, participou da jogada do segundo e ainda marcou o terceiro, em pênalti que o próprio atacante sofreu. 

Com o resultado, o Joinville somou mais um ponto, chegou a 18 e permanece na quarta colocação, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Tubarão, que joga neste domingo, contra a Chapecoense, em Tubarão. Na próxima rodada, o JEC encara o Figueirense, na Arena, a partir das 20h30 de quarta-feira.

O Joinville fez um bom primeiro tempo em Tubarão. Com mais posse de bola, como gostaria o técnico Matheus Costa, o Tricolor controlou a partida e criou as principais oportunidades dos 45 minutos iniciais. Artilheiro do Campeonato Catarinense, Rafael Grampola era o jogador que mais levava perigo ao gol. 

Aos 11 minutos, ele esteve perto de marcar, mas na hora do disparo foi travado pela defesa do Hercílio Luz. Aos 22, no entanto, o camisa 9 não perdoou. Após lançamento de Elias em profundidade, Grampola saiu cara a cara com o goleiro Martins. Com tranquilidade, ele driblou o adversário e abriu o placar.

O gol, que poderia abater os donos da casa, serviu como incentivo para o Hercílio Luz. Aos 32, em cobrança de escanteio, Emerson saiu mal e a bola quase entrou. Lazio salvou sobre a linha do gol. Aos 38, Emerson se redimiu. Após passe de Matheuszinho, Tiago Pará bateu forte, mas o goleiro evitou o empate.

Após os sustos, o JEC voltou ao ataque com eficiência. Após linda tabela com Alex Ruan, Eduardo Person tocou a bola entre as pernas de Silvio, saiu na cara do gol e bateu no canto esquerdo de Martins. Golaço e 2 a 0 JEC. 

No segundo tempo, o Tricolor quase ampliou aos nove minutos. Breno recebeu em profundidade, driblou Martins e cruzou. Rafael Grampola pegou de primeira, mas o zagueiro Cleber salvou o terceiro. 

Como o JEC não fez, o Hercílio Luz aproveitou para entrar no jogo. Aos 18 minutos, após boa jogada de Bruninho, Lima recebeu de frente para o gol e bateu colocado no canto esquerdo de Emerson: 2 a 1.

Quando o Hercílio ainda comemorava, o Tricolor anotou o terceiro. Elias cobrou escanteio e Michel Schmöller, sozinho, cabeceou para a rede: 3 a 1. O JEC, no entanto, não aproveitou a vantagem. No lance seguinte, Lima disputou a bola e Levi aproveitou a sobra, na entrada da área, e bateu no canto direito de Emerson: 3 a 2. 

O gol animou o Hercílio, que cresceu no jogo. Aos 38, Lima saiu cara a cara com Emerson e foi derrubado pelo goleiro tricolor: pênalti. Na cobrança, Lima bateu no canto direito e marcou o seu segundo gol no jogo, o terceiro do Hercílio, que igualou. 

No fim, as duas equipes buscaram a vitória, mas, sem organização, nenhum dos times conseguiu definiu o placar. 

O Sol Diário
Busca