Joinville vence e acaba com invencibilidade do Figueirense - Esporte - O Sol Diário
 

Estadual21/03/2018 | 23h21Atualizada em 21/03/2018 | 23h26

Joinville vence e acaba com invencibilidade do Figueirense

Rafael Grampola marca de pênalti e se isola na artilharia do Catarinense 2018

Joinville vence e acaba com invencibilidade do Figueirense Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia
DC Esportes
DC Esportes

Jogo resolvido em poucos segundos. No começo do primeiro tempo, uma penalidade máxima resultou no gol do Joinville e deixou o Figueirense com um jogador a menos. Foi assim que o JEC derrubou o último invicto do Campeonato Catarinense 2018 e segue uma década sem perder para o rival em casa. Na noite desta quarta-feira, os donos da Arena Joinville venceram por 1 a 0. Foi o nono gol de Rafael Grampola, agora artilheiro do Estadual.

O Alvinegro perdeu a oportunidade de se garantir na final antecipadamente, mas pode conseguir no fim de semana. Os times voltam a jogar no domingo. Às 18h, o Joinville vai estar em ação diante do Concórdia, no Domingos Lima. Mais cedo, às 16h, o Figueirense recebe o Hercílio Luz no Orlando Scarpelli. 

O jogo

Jorge Henrique mandou um tirambaço de fora de área e a bola fez o travessão de Emerson tremer. O Figueirense bem que gostaria que a bola tivesse entrado aos sete minutos, porque pouco depois a situação dos alvinegros ficaria bem complicada. Aos 12, Madson caiu quando passava dentro da área. Depois de apontar para marca da cal, o árbitro Heber Roberto Lopes mostrou o segundo cartão amarelo para o zagueiro Nogueira, pela falta. O Joinville ficou em dupla vantagem: Grampola botou o pênalti para dentro e passou a jogar com um atleta a mais. 

A circunstância fez com que o JEC tomasse conta da partida nos instantes posteriores, mas não aproveitou as poucas chances que criou. O Figueira levou algum tempo, mas conseguiu se reorganizar. Henrique Trevisan entrou na vaga do meia-atacante Maikon Leite e formou a dupla de zaga com Eduardo. André Luis jogou mais atrás e a equipe teve capacidade de adiantar a marcação. Assim, equilibrou a partida por alguns instantes. No entanto. não pôde segurar a proposta por muito tempo. No finzinho da primeira etapa, o Tricolor chegou com algum perigo. Já estava nos acréscimos quando Grampola invadiu a área e mandou o chute rasteiro e cruzado que lambeu a trave de Denis. 

Do descanso, o Figueirense voltou levando perigo pelo lado esquerdo. Os cruzamentos de João Lucas foram endereçados ao centroavante André Luís. Porém, ele não alcançava a precisão, marcado em cima pelos defensores. A resposta tricolor foi aos 18, com Alex Ruan. O ala bateu forte de fora da área, mas o goleiro do Figueira defendeu com firmeza. A equipe visitante continuava a se desdobrar para suprir a ausência de um jogador e corrida atrás do empate. 

O Alvinegro iria impor pressão a partir dos 34 minutos, quando a quantidade de atletas foi igualada. Em uma marcação sem clareza da arbitragem, o zagueiro Bruno Aguiar recebeu o cartão vermelho.  O Figueira rodou bola no campo de ataque, mas o JEC estava fechado. Ainda mais com a entrada do lateral e volante Dick na vaga de um jogador de ataque. Ainda teve um chute de Ermel que parou na trave. Assim, sob pressão, os donos da casa levaram os instantes finais até o apito final que decretou o fim da última invencibilidade do Catarinense. 

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE
Emerson; Alisson, Lazio, Bruno Aguiar e Alex Ruan; Michel Schmöller, Kadu e Eduardo Person; Elias (Thiago Alagoano), Madson (Dick) e Rafael Grampola. Técnico: Matheus Costa.

FIGUEIRENSE
Denis; Samuel, Eduardo, Nogueira e João Lucas; Zé Antônio, Abuda (Ferrareis), Maikon Leite (Henrique Trevisan), Jorge Henrique (Ermel) e Renan Mota; André Luís. Técnico: Milton Cruz.

GOLS: Rafael Grampola, aos 14 do primeiro tempo (J)
CARTÕES AMARELOS: Alisson, Bruno Aguiar e Kadu (F). Nogueira, Renan Mota e Zé Antônio (F)
EXPULSÕES: Bruno Aguiar (J) e Nogueira (F) 

ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Éder Alexandre e Clair Dapper.
BORDERÔ : 2.878 torcedores, para uma renda de R$ 49.990,00
LOCAL: Arena Joinville, em Joinville.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca