PM deve retomar discussão com diretoria do JEC sobre grades em arquibancadas da Arena - Esporte - O Sol Diário
 

Polêmica22/03/2018 | 16h34Atualizada em 22/03/2018 | 16h36

PM deve retomar discussão com diretoria do JEC sobre grades em arquibancadas da Arena

Assunto voltou à tona depois de um princípio de confusão entre torcida de Joinville e Figueirense

PM deve retomar discussão com diretoria do JEC sobre grades em arquibancadas da Arena Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

A Polícia Militar deve retomar a discussão com a diretoria do JEC para aumentar a altura do gradil que separa a torcida do gramado da Arena Joinville. O assunto voltou à tona após o princípio de confusão entre torcedores do Joinville e do Figueirense (vídeo abaixo) na noite da última quarta-feira. Segundo o major Paulo Grams, sub-comandante do 8º Batalhão da PM, esse histórico de problemas no estádio faz a conversa ser mais uma vez necessária.

O aumento da grade para altura superior a dois metros - a contar do início da arquibancada - já foi solicitada pela Polícia Militar, mas o requisito não foi cumprido pelo clube. Então, a PM fixou a contratação de seguranças privados como uma alternativa ao Joinville. Esses profissionais estavam presentes no estádio neste episódio registrado após o clássico entre JEC e Figueirense.

— A alegação é de que a altura da grade na arquibancada, mais a altura da arquibancada até o campo daria dois metros. Ficou provado neste evento que essa altura não é o suficiente para inibir o torcedor — alega o major.

O sub-comandante entende que a diretoria do Joinville tem interesse em aumentar as grades, porém encontra dificuldades financeiras para realizar a obra. Por isso, ele quer retomar a conversa para avaliar a possibilidade de colocar o gradil mais alto pelo menos em locais em que há o entendimento de maior chance de invasão, como o espaço do visitante e da torcida organizada local.

— Naturalmente, ele (o gradil) desestimula a invasão, mas se o torcedor é mal intencionado vai criar os seus meios. Na verdade, o que define a segurança é a estratégia adotada pela polícia — explica.

No fim do clássico desta quarta-feira na Arena, alguns torcedores do Figueirense estavam sendo afastados pelos policiais para deixar o estádio, em meio à troca de provocações com os torcedores do Joinville. Neste momento, um torcedor do JEC pulou a grade da arquibancada, invadiu o campo e tentou roubar a faixa da Torcida Organizada Gaviões Alvinegros. A partir daí, começou a confusão.

Controlado por uma segurança particular, o torcedor do JEC voltou para as arquibancadas enquanto os alvinegros pularam a grade para tentar agredir o torcedor. Quando a Polícia Militar chegou ao local, os envolvidos na confusão já se dispersavam nas arquibancadas. Na sequência, os lados da torcida local e visitante foram evacuados pela PM.


O Sol Diário
Busca