Milton Cruz cita montagem do grupo e lições para início da Série B no Figueirense - Esporte - O Sol Diário
 

Furacão12/04/2018 | 16h34Atualizada em 12/04/2018 | 16h34

Milton Cruz cita montagem do grupo e lições para início da Série B no Figueirense

Alvinegro deixa euforia pelo título estadual e foca estreia contra o Juventude nesta sexta-feira

Milton Cruz cita montagem do grupo e lições para início da Série B no Figueirense Márcio Cunha/Especial
Foto: Márcio Cunha / Especial
DC Esportes
DC Esportes

A conquista do Catarinense 2018 em cima da Chapecoense serve como mais um fator de motivação ao Figueirense na busca do principal objetivo em 2018: o acesso na Série B do Brasileiro. De olho na estreia diante do Juventude, nesta sexta-feira às 21h30min, no Orlando Scarpelli, o técnico Milton Cruz destacou a montagem do elenco no início da temporada e também que as lições tiras ao salvar o time da queda na reta final do ano passado serão muito importantes para traçar a melhor estratégia.

– O Catarinense foi muito bom. Terminamos o campeonato como campeões. Sabemos da dificuldade da Série B. Falei aos jogadores que iremos enfrentar times iguais ao Oeste, que dificultou bastante na Copa do Brasil. No ano passado foi a minha primeira vez na Série B e tirei lições. Foi em cima disso que montamos esse grupo. Jogadores remanescentes e outros que vieram. A montagem foi pensando no acesso, na elite, de onde jamais o Figueirense deveria ter saído. Espero conquistar o nosso outro objetivo e que a maior torcida de Santa Catarina possa festejar ainda mais – disse Milton Cruz.

Apesar do elenco ter voltado de Chapecó ainda na noite de domingo, a semana foi mais de festa do que trabalho forte no Figueirense. Por isso, o técnico garantiu que ainda não definiu o time que começa a partida pela Série B. A tendência, porém, é que opte pela manutenção dos titulares. Felipe Amorim voltou a treinar com o restante do elenco e pode ser uma das novidades. Já os reforços Matheus Sales, Daniel Costa e Índio aguardam pela regularização junto ao Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

– Vou conversar com os jogadores para ver como eles estão e poder definir. Se eu puder usar todos que foram campeões no domingo, vou usar. Se tiver algum que não está se sentindo bem, vou preservar – completou.

Os ingressos para a partida estão à venda nas bilheterias do Scarpelli. O setor A (cadeira coberta) custa R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia-entrada). Menores de 12 anos pagam R$ 40 neste local. Os demais setores estão R$ 60 / R$ 30 (inteira e meia, respectivamente). Os menores de 12 anos pagam R$ 20.

Leia mais sobre o Figueirense no DC
Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

O Sol Diário
Busca