Milton Cruz dedica título do Figueirense aos torcedores: "Sintam-se abraçados" - Esporte - O Sol Diário
 

Estadual08/04/2018 | 19h07Atualizada em 08/04/2018 | 19h07

Milton Cruz dedica título do Figueirense aos torcedores: "Sintam-se abraçados"

Furacão ergue o 18º troféu do Campeonato Catarinense ao vencer a Chapecoense

Milton Cruz dedica título do Figueirense aos torcedores: "Sintam-se abraçados" Cristiano Estrela/Diário Catarinense
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Faltava pouco mais de 10 minutos para que o último apito do Campeonato Catarinense 2018 fosse sinal de festa ao campeão. A torcida que viajou mais 500 quilômetros deixou a insegurança de lada para soltar os primeiros gritos de comemoração. Mas aos 40 minutos o berro teve junto o do gol de Maikon Leite ao fazer 2 a 0 em cima da Chapecoense e que decretava o 18º título do Figueirense.

A torcida alvinegra se espalhou pelos arredores da Arena Condá desde as primeiras horas de domingo, após vencerem a estrada em carros ou ônibus. Demonstraram confiança de que não passariam pela terceira edição do Catarinense sem comemorar. Adquiriram quase todos os 2 mil ingressos disponíveis e foi quem vibrou com gol. Logo no começo da partida, Gustavo Ferrareis acertou o chute que acabou em pouco tempo com o frio na barriga e fez valer a penas as horas anteriores vividas na estrada.

- Como não posso abraçar todos, como queria, que se sintam abraçados por mim. A torcida acreditou como nós acreditamos. Que poderíamos vir aqui e ganhar, como fizemos contra o Atlético-MG (na Copa do Brasil), em que fizemos um grande jogo e fomos eliminados nos pênaltis. Sabíamos do potencial do jogador que nosso time completo daria trabalha – disse o técnico Milton Cruz.

A torcida comemorou um pouco mais que o título. A conquista estadual deu aos torcedores a possibilidade de "dar o troco" no arquirrival. A "Dança do Créu" no Orlando Scarpelli, quando o Avaí empatou o clássico nos acréscimos, saiu da garganta instantes depois do apito final. O zagueiro Nogueira e o lateral-esquerdo Guilherme Lazaroni (prata da casa) puxaram o primeiro coro. O atacante Jorge Henrique, maestro do time também foi dos alvinegros para o último ato antes da taça.

O Figueirense viaja após às 22h deste domingo para encontrar a torcida preta e branca que não pôde estar na Arena Condá para celebrar em sua casa, o Orlando Scarpelli, o título do Campeonato Catarinense 2018.

Leia mais sobre o campeão Figueirense
Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSubstituto de Zé, Mailson prevê "guerra" no jogo do Criciúma contra o Brasil https://t.co/5ntyPGOmrrhá 13 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJogadores do Avaí chamam a atenção para apagão que custou a vitória na Ressacada https://t.co/xfxQ4gz0PVhá 1 diaRetweet
O Sol Diário
Busca