Figueirense é derrotado pelo Brasil-RS e perde a invencibilidade na Série B - Esporte - O Sol Diário
 

Em Pelotas01/05/2018 | 18h34Atualizada em 01/05/2018 | 18h40

Figueirense é derrotado pelo Brasil-RS e perde a invencibilidade na Série B

Time gaúcho venceu com um gol de pênalti no primeiro tempo

Figueirense é derrotado pelo Brasil-RS e perde a invencibilidade na Série B JONATHAN SILVA/GEB
Wellington Júnior e Lazaroni em um lance na primeira etapa Foto: JONATHAN SILVA / GEB

Não será em 2018 que o Figueirense terá a sua melhor largada dentro da Série B do Brasileiro. Nesta terça-feira, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas, o Alvinegro foi derrotado por 1 a 0 pelo Brasil-RS, gol de Wellington Júnior, e teve a sua invencibilidade quebrada. Com nove pontos em quatro partidas, o Furacão apenas iguala a sua melhor largada, que foi em 2013. 

— Acho que a equipe no primeiro tempo não conseguiu jogar o esperado, e o Brasil pressionou bastante e conseguiu fazer o gol de pênalti. No segundo tempo conseguimos pressionar, mas no mínimo a gente deveria sair com um empate aqui de dentro — disse o goleiro Denis ao SporTV.

Próxima rodada

Na próxima rodada, a 5ª da Série B, o Figueirense terá pela frente o clássico contra o Avaí no Estádio Orlando Scarpelli. O jogo será no sábado, dia 12 de maio, às 16h30min.

Primeiro tempo

O Figueirense iniciou a partida com modificações, com Abuda, Daniel Costa e Felipe Amorim no time titular e Jorge Henrique no banco de reservas. A princípio a equipe não sentiu muito, tanto que o Furacão teve boas chegadas no ataque, uma na falta cobrada por Felipe Amorim, que o goleiro Marcelo Pitol encaixou, e outra no gol anulado de Henan, que estava um pouco na frente quando desviou de cabeça o cruzamento de Ferrareis.

Até os 30 minutos o goleiro Denis não havia trabalhado muito, mas aos 35 ele foi chamado para intervir e não conseguiu. O árbitro André Luiz Castro deu pênalti em um lance de Lazaroni em cima de Wellington Júnior. Na imagem não pareceu falta, mas a bola acabou batendo na mão do lateral alvinegro, e após isso o árbitro apontou para a marca da cal. Na cobrança, Wellington Júnior bateu no canto esquerdo, deslocando Denis.

A partir daí o show do arqueiro alvinegro começou, não fosse ele o placar poderia ser dilatado em favor da equipe de Pelotas. Ele salvou em dois chutes, à queima roupa de Itaqui. Aos 44 minutos, ainda deu tempo para Diego Renan emendar uma bomba no cantinho, mas Marcelo Pitol mandou para escanteio.

Segundo tempo

Atrás no placar, Milton Cruz tentou mudar a equipe colocando Jorge Henrique e Maikon Leite nas vagas de Daniel Costa e Felipe Amorim, respectivamente, mas a diferença não foi muita, tanto que Denis fez uma segunda etapa impecável. Logo aos 2 minutos, Lourency cabeceou sozinho e o camisa 1 defendeu. Depois foi a vez de Michel e Kaio soltarem duas bombas, também interceptadas pelo goleiro alvinegro.

Após os 30 minutos, Bruno Collaço foi expulso após falta em Maikon Leite e o Furacão partiu para a pressão. Jorge Henrique cobrou uma falta no ângulo, mas Marcelo Pitol defendeu. A pressão continuou, mas sem conseguir evitar a primeira derrota na competição.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS — 1

Marcelo Pitol; Éder Sciola, Rafael Vitor (Leandro Camilo), Heverton e Bruno Collaço; Leandro Leite, Itaqui e Calyson (Kaio); Wellington Júnior, Michel (Willian Machado) e Lourency.
Técnico: Clemer.

FIGUEIRENSE — 0

Denis; Diego Renan, Eduardo, Nogueira e Lazaroni; Zé Antônio, Abuda (João Paulo), Daniel Costa (Jorge Henrique), Felipe Amorim (Maikon Leite) e Ferrareis; Henan.
Técnico: Milton Cruz.

Gol: Wellington Júnior (BRA), aos 35 minutos do 1º Tempo.
Cartões Amarelos: Éder Sciola, Bruno Collaço, Calyson (BRA); Zé Antônio (FIG).
Cartão Vermelho: Bruno Collaço (BRA)
Arbitragem: André Luiz Castro, auxiliado por Cristhian Sorence e Leone Rocha (trio de GO).
Local: Estádio Bento Freitas, em Palhoça.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

O Sol Diário
Busca