Figueirense empata com o São Bento e fica à beira do G-4 na Série B - Esporte - O Sol Diário
 

Série B29/05/2018 | 21h10Atualizada em 29/05/2018 | 21h40

Figueirense empata com o São Bento e fica à beira do G-4 na Série B

Juninho garante o 1 a 1 diante de um dos invictos da Segunda Divisão

Figueirense empata com o São Bento e fica à beira do G-4 na Série B ERICK PINHEIRO/Diário Catarinense
Foto: ERICK PINHEIRO / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Apesar de ter falhado na missão de voltar ao G-4 da Série B do Brasileiro, o Figueirense saiu do interior de São Paulo com um bom resultado. O Alvinegro ficou no empate, por 1 a 1, com o São Bento ainda invicto na competição ao lado do líder Fortaleza. A igualdade na noite de terça-feira, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela oitava rodada, não permite que a equipe catarinense alcance uma posição entre os quatro melhores, porém, evita uma nova derrota na disputa logo depois da reabilitação em grande estilo com a goleada sobre ao CSA.  

Com empate, o Furacão chega aos 13 pontos e assume a quinta colocação. O Coritiba, com um ponto a mais, é o primeiro no G-4. A nona rodada da Série B terá os 10 jogos acontecendo na próxima terça-feira. O Figueirense volta a atuar no Orlando Scarpelli, onde terá a partida contra o Londrina, às 19h15min. O São Bento, que soma 12 pontos em oitavo lugar, vai até o interior de Minas Gerais pegar o Boa Esporte, às 20h30min, no Dilzon Melo, em Varginha.

Com 20 segundos, o São Bento demonstrou que o primeiro tempo seria intenso e de perigo para o Figueirense. Antes do primeiro minuto, o time da casa assustou os alvinegros. Após a defesa afastar para o meio, Zé Roberto bateu rasteiro, mas Nogueira impediu o gol paulista ao mandar pela linha de fundo. O Furacão sofreu ante a marcação encaixada do adversário e tomou mais um susto. Aos 20 minutos, o atacante Everaldo serviu para Rodolfo, que de frente para Denis e sem marcação chutou firme. A bola passou rente ao ângulo direito.

Os mandantes seguiram com o ritmo forte e atacando. Denis teve que trabalhar duas vezes antes do intervalo. Aos 36, Lucas Crispim chutou de longe, mas o goleiro defendeu em dois tempos. Cinco minutos mais tarde, Everaldo soltou a pancada de fora da área, e o camisa 1 do Furacão espalmou. Os catarinenses criaram somente uma chance para abrir o placar. Aos 43, Ferrareis bateu forte buscando o canto esquerdo, mas Rodrigo Viana mandou pela linha de fundo a bola venenosa e decretou a igualdade sem gols ao fim dos primeiros 45 minutos.

No início da segunda etapa, foi o Figueirense que criou boa oportunidade logo de cara. No primeiro minuto, Renan Mota finalizou com força da entrada da área, mas Rodrigo Viana desviou a bola com a ponta dos dedos para mandar pela linha de fundo. Aos cinco minutos, o São Bento respondeu em grande estilo com Lucas Crispim, que soltou a pancada de longe e carimbou o travessão da meta defendida por Denis antes de se perder pela linha de fundo. 

A sequência foi toda catarinense. Aos 11, Jorge Henrique colocou Henan de frente para o gol. O artilheiro teve tempo para caminhar sem marcação, olhar e bater cruzado. A bola foi lenta, rasteira, e o arqueiro do Azulão salvou com o pé, no canto direito. Na cobrança de escanteio, no lance seguinte, Nogueira desviou de leve e Viana segurou a redonda em cima da linha. Aos 13, Everaldo testou após levantamento para a área e mandou à direita do gol do Figueirense.

O São Bento foi mais eficiente e abriu o placar aos 22. Everaldo cruzou da direita, a defesa afastou e a bola sobrou com Zé Roberto. O atacante serviu o zagueiro Douglas Assis, que recebeu em posição legal e mandou para a rede de Denis. Atrás, o Figueirense foi ao ataque. Aos 30, Zé Antônio parou em Rodrigo Viana após boa cabeçada. Três minutos depois, Juninho ganhou da zaga, invadiu a área e bateu no canto direito para empatar a partida. Nos acréscimos, Nogueira cabeceou colocado e a redonda saiu à esquerda da meta paulista.

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO -1
Rodrigo Viana; Lucas Farias, Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Doriva, Dudu Vieira e Rodolfo (Diogo Oliveira); Lucas Crispim (Walterson), Everaldo e Zé Roberto (Ronaldo). Técnico: Paulo Roberto Santos.

FIGUEIRENSE -1
Denis; Samuel Santos, Cleberson, Nogueira e João Lucas; Pereira (Juninho) e Zé Antônio; Renan Mota, Jorge Henrique e Ferrareis (Felipe Amorim); Henan (André Luís). Técnico: Milton Cruz.

GOL: Douglas Assis (S), aos 22, e Juninho (F), aos 33 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS:
Zé Roberto, Luizão, Rodolfo e Dudu Vieira (S). Denis, Cleberson, Renan Mota, Nogueira e Samuel Santos (F).
BORDERÔ: 1.866 torcedores para renda de R$ 23.965,00.
ARBITRAGEM: Felipe Gomes da Silva, auxiliado por Luiz Souza Santos Renesto e Daniel Cotrim de Carvalho (trio do PR).
LOCAL: Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

O Sol Diário
Busca