Figueirense x Avaí: os pontos de desequilíbrio no Clássico da Capital - Esporte - O Sol Diário
 

Rivalidade09/05/2018 | 07h20Atualizada em 09/05/2018 | 07h20

Figueirense x Avaí: os pontos de desequilíbrio no Clássico da Capital

Rivais se enfrentam no sábado, às 16h30min, pela quinta rodada da Série B

Figueirense x Avaí: os pontos de desequilíbrio no Clássico da Capital Cristiano Estrela/Diário Catarinense
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Empatados em encontros recentes, Figueirense e Avaí fazem clássico pela Série B do Campeonato Brasileiro. O Figueira campeão estadual vai para o duelo no Orlando Scarpelli com um formato de jogo consolidado, enquanto o Leão se reorganiza com a nova proposta do técnico Geninho. Por outro lado, o time alvinegro vem de uma apresentação ruim fora de casa, e a equipe azurra se consolida como um visitante indigesto. Veja cinco fatores que compõem o Clássico da Capital e como estão os clubes para mais uma disputa.

MOMENTO

Figueirense
Equipe encaixada em campo e que conquistou espaço entre os postulantes ao acesso neste começo de Série B. O Figueirense só não chega com um clima melhor por causa do resultado do último jogo, a derrota por 1 a 0 para o Brasil-RS. No entanto, o time vinha de uma sequência de cinco triunfos seguidos na temporada. Com forma de jogar bem definida e atuações seguras recentes, busca recomeçar nova série invicta.

Avaí
Efetivamente, o empate em 1 a 1 com o São Bento, na última rodada, foi segundo jogo sob o comando de Geninho. O treinador aplica uma forma de atuar diferente do que o Avaí tinha antes. O Leão atual é mais ofensivo, ainda que seja montado com três zagueiros. A equipe não perdeu com 3-5-2, mas como foi implantado recentemente, ainda carece de tempo para encaixar. Demonstrou evolução, mas ainda tem problemas. A efetividade é um deles.

ÚLTIMO JOGO

Figueirense
O desempenho dos três primeiros jogos não foi repetido no último, diante do Brasil-RS. A partida em Pelotas, terminada em derrota por 1 a 0, foi a de pior atuação da equipe até agora na Série B. O Figueirense criou poucas oportunidades e, principalmente, não foi efetivo como nos duelos anteriores.

Avaí
O empate no duelo contra o São Bento foi um resultado daqueles de ficar engasgado. É que o time azurra dominou o adversário por quase todo o jogo na Ressacada e não conseguiu vencer, no último sábado. Além disso, por ter sido realizado quatro dias após o compromisso do rival, o Leão tem menos tempo de preparação ao clássico.

MANDO DE CAMPO

Figueirense
Em 13 jogos no Orlando Scarpelli nesta temporada, o Figueirense venceu nove, empatou três e tem apenas uma derrota – o 1 a 0 para o Atlético-MG, pela Copa do Brasil. Com Milton Cruz, já desde o ano passado, o Alvinegro tem sido forte em casa, mas capaz de perder pontos em grandes duelos – como no clássico passado, em que sofreu empate nos acréscimos.

Avaí
Jogar fora da Ressacada virou a especialidade do Avaí deste ano. E os resultados comprovam. Nas 15 partidas que disputou longe de casa nesta temporada, o Leão venceu oito delas e empatou duas. O aproveitamento como visitante é de 57% e o que tem levado o time a ser competitivo no que disputou até agora, como no Catarinense e na Copa do Brasil

JOGADORES DESFALQUES

Figueirense
Com o último jogo disputado há uma semana e mais tempo para preparação ao clássico, o Figueirense pôde recuperar jogadores. Jorge Henrique e André Luis, titulares e importantes para a equipe, estarão em condições de jogo. Outro que reaparece como opção é o zagueiro Cleberson, ausente há quase dois meses por causa de lesão muscular. Titular na final do Catarinense e nos primeiros jogos da Série B, o meia Renan Mota deve ser vetado por causa de edema muscular. Não tem suspensos.

Avaí
Jogadores de meio de campo, André Moritz. Pedro Castro e Renato vinham como dúvidas nos primeiros dias da semana. No entanto, os três estiveram em ação no treinamento de terça-feira e têm chance de serem relacionados. O caso mais preocupante era o de Renato, com dores nas costas. Ele é o artilheiro da equipe na competição, com três gols. Uma ausência certa é a de Luanzinho. O meia-atacante se juntou ao time sub-17 da Seleção Brasileira e não poderá estar em campo. Marquinhos também está disponível. Não tem suspensos.

RETROSPECTO RECENTE NO SCARPELLI

Figueirense
Dos últimos cinco clássicos na casa alvinegra, os mandantes do próximo embate venceram apenas um. Os três passados no Orlando Scarpelli terminaram em empate. O mais recente, pelo Campeonato Catarinense deste ano foi a igualdade mais dura. Isso porque o Figueirense vencia por 1 a 0 e sofreu o gol nos acréscimos.

Avaí
Dos cinco clássicos mais recentes, venceu pela última vez o disputado em setembro de 2015, pela Série A do Campeonato Brasileiro. No entanto, conseguiu o empate nos três anteriores. No ano passado, pela Primeira Liga, chegou ao empate quando saiu atrás no placar. No último, arrancou o gol da igualdade do placar nos acréscimos. 

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia sobre o
Figueirense
Saiba tudo sobre o
Avaí

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense deixa de somar sete pontos após falhas de Denis e G-4 fica em risco https://t.co/DZUxcTq9lyhá 6 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí não pontua nos últimos dois jogos e Judson revela incômodo: "42 com a gente há algum tempo" https://t.co/hocxLdqq7khá 18 horas Retweet
O Sol Diário
Busca