Goleada contra o CSA devolve a confiança ao Figueirense na Série B - Esporte - O Sol Diário
 

Furacão22/05/2018 | 21h35Atualizada em 22/05/2018 | 21h35

Goleada contra o CSA devolve a confiança ao Figueirense na Série B

Alvinegro volta a vencer após três derrotas consecutivas e entra no G-4 na sétima rodada

Goleada contra o CSA devolve a confiança ao Figueirense na Série B Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas
Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas
DC Esportes
DC Esportes

O Figueirense encerrou o jejum na Série B do Brasileiro em grande estilo na abertura da sétima rodada. A goleada, por 4 a 1, sobre o CSA na noite desta terça-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, devolve a confiança ao elenco para a sequência da competição nacional. 

– Do jeito que o time jogou é de se aplaudir. Propusemos o jogo. Conseguimos apagar as três derrotas que sofremos. Agora é manter essa pegada no decorrer do campeonato. Quando temos essas partidas boas temos que aproveitar – disse o meia Ferrareis.

De volta ao time titular, o meia Renan Mota foi confirmado pelo técnico Milton Cruz apenas momentos antes de a bola rolar. Isso porque, Maikont Leite iria para o jogo, mas teve um mal estar e foi vetado pelo departamento médico.

– Fico muito feliz. Eu não esperava entrar e entrei porque o Maikon Leite sentiu o mal estar. Foram três jogos fora do time e perdemos, eu voltei e o time venceu. Enfrentamos um time que é candidato ao acesso. A nossa confiança não tínhamos perdido e agora voltou ainda maior – falou o jogador.

Capitão do Alvinegro, Jorge Henrique enalteceu a formação do elenco pelo técnico Milton Cruz. De acordo com o jogador, é isso que se espera do time e ainda pediu o apoio do torcedor para o decorrer da Série B.

– O Milton, por onde passou, sempre montou grupos de homens e de caráter. Pelo que o clube vive, temos que fazer por onde permanecer. Temos as dificuldades, mas precisamos da torcida. Sem eles não somos ninguém. Estou feliz e confiante. No ano passado não fiz pré-temporada e isso me atrapalhou. Eu sei da minha responsabilidade para os garotos. Tenho que me cuidar para ser espelho aos mais jovens – completou Jorge Henrique.

O Figueirense chegou aos 12 pontos e assumiu a quarta colocação. O time voltou ao G-4 e espera o complemento da rodada, no sábado, para saber se conseguirá manter a posição. 

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

O Sol Diário
Busca