Betão reconhece Avaí mal e nega menosprezo ao então lanterna Criciúma - Esporte - O Sol Diário
 

Leão01/06/2018 | 23h57Atualizada em 01/06/2018 | 23h57

Betão reconhece Avaí mal e nega menosprezo ao então lanterna Criciúma

Leão sofre a primeira derrota sob o comando do técnico Geninho, mas segue no G-4 da Série B

Betão reconhece Avaí mal e nega menosprezo ao então lanterna Criciúma Leo MUnhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo MUnhoz / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

"Não menosprezamos o Criciúma". A frase é do zagueiro Betão, do Avaí, na saída do campo da Ressacada. De acordo com o capitão azurra, o Leão perdeu pela primeira vez sob o comando do técnico Geninho na atual Série B do Brasileiro sem desrespeitar o adversário, que chegou para o duelo como o lanterna e ainda sem nenhuma vitória na competição. O gol de Zé Carlos cobrando pênalti, aos 29 minutos do segundo tempo, decretou o placar de 1 a 0.

- Não tem explicação. Não menosprezamos o Criciúma. Acho que jogamos mal, não jogamos nada, tivermos erros infantis, inclusive da minha parte. Não abala a nossa crescente e vamos buscar no campeonato. Foi um dia que não rolou, que não foi. Não tem lição, mas manter o que temos feito – destacou o zagueiro.

O volante Matheus Barbosa, titular por causa da lesão do volante Judson, disse que faltou efetividade ao Avaí para mandar a bola na rede.

- Tivemos chance de marcar, e infelizmente faltou caprichar. Ficou chato que a bola bateu na mão do Criciúma e o juiz não deu nada, quando bateu na mão do Alemão, deu pênalti – completou Matheus Barbosa.

 O Avaí, porém, não deixa a zona de acesso. Com 14 pontos, o Leão é o quarto colocado. A equipe volta a campo na terça-feira, às 20h30min, quando visita o Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís (MA).

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Avaí

O Sol Diário
Busca