Eles estão no caminho do hexa: o perfil dos adversários do Brasil no Mundial da Rússia - Esporte - O Sol Diário
 

Copa do Mundo02/06/2018 | 07h55Atualizada em 02/06/2018 | 07h55

Eles estão no caminho do hexa: o perfil dos adversários do Brasil no Mundial da Rússia

Suíça, Costa Rica e Sérvia irão encarar a Seleção na primeira fase pelo Grupo E

Eles estão no caminho do hexa: o perfil dos adversários do Brasil no Mundial da Rússia Pedro Martins/MoWA Press
Foto: Pedro Martins / MoWA Press
DC Esportes
DC Esportes

A contagem regressiva para o início da Copa do Mundo está se esgotando e é neste mês que o Brasil inicia a caminhada para chegar à sexta conquista do torneio. A primeira missão é alcançar as oitavas de final. Para isso, a Seleção terá de ser um dos dois melhores entre os quatro times do Grupo E da competição. Confira quem são essas equipes e o retrospecto histórico nos enfrentamentos.

Leia mais notícias sobre a Copa do Mundo
Confira a tabela de jogos da Copa da Rússia

SÉRVIA
A Sérvia ocupa o 35º lugar no ranking da Fifa e enfrenta os brasileiros na terceira rodada. Aos 34 anos e com passagem marcante pelo futebol inglês ao atuar pelo Chelsea, o defensor Branislav Ivanovic é um dos nomes de destaque do elenco sérvio, considerado muito forte defensivamente. Atualmente, ele joga no Zenit, da Rússia.

SUÍÇA
Sexta colocada no último ranking divulgado pela Fifa, a Suíça é a seleção considerada mais forte no caminho do Brasil na primeira fase do Mundial. A equipe treinada por Vladmir Petkovic desde 2014 tem como característica a posse de bola, algo diferente as outras Copas do Mundo, quando se via um grupo mais fechado defensivamente e apostando nas jogadas de contra-ataque. Baixinho, canhoto e veloz, o atacante Shaqiri, que atualmente defende o Stoke City, da Inglaterra, é a estrela da companhia.

COSTA RICA
Em plena ascensão e na 25ª posição no ranking da Fifa, a Costa Rica cruza o roteiro brasileiro na segunda rodada do Grupo E. Comandada pelo técnico Óscar Ramirez, a seleção preservou a base que chegou às quartas de final quatro anos antes, no Mundial disputado no Brasil. O goleiro Keylor Navas, que na semana passada conquistou pela terceira vez seguida a Liga dos Campeões da Europa com o Real Madrid, e o meia Bryan Ruiz, atualmente no Sporting, de Portugal, surgem como essenciais para mais uma boa campanha.

Copa do Mundo
Foto: Arte DC / Arte DC

 Leia mais:
NSC terá enviados especiais na Copa 2018 para aproximar os catarinenses do Mundial

O Sol Diário
Busca