Confira em quais posições o Criciúma precisa recorrer ao mercado - Esporte - O Sol Diário
 

Carência08/07/2018 | 10h20Atualizada em 08/07/2018 | 10h20

Confira em quais posições o Criciúma precisa recorrer ao mercado

Time sofre com a falta de opções para suprir desfalques

Confira em quais posições o Criciúma precisa recorrer ao mercado Guilherme Hahn/Especial
João Paulo é a opção mais versátil para o ataque, mas está suspenso; Zé Carlos e Lucas Coelho estão lesionados Foto: Guilherme Hahn / Especial
Renan Medeiros

Virou rotina no Criciúma. Todo ano, quando a competição nacional se aproxima da metade, o time começa a sofrer com a falta de opções qualificadas para suprir as lesões e suspensões. No ano passado, esse fator foi a diferença entre lutar pelo acesso e permanecer no meio da tabela da Série B, como acabou acontecendo.

Em 2018, a ausência de opções já começa a afetar o Tigre. Nas entrevistas coletivas, o técnico Mazola Júnior admite o problema e a direção sabe da necessidade, mas o mercado não oferece atletas que se encaixam na realidade financeira do clube.

Confira quais são as três principais necessidades imediatas do Criciúma:

Lateral-direito

Sueliton é o único jogador da posição no Criciúma. Quando ele fica fora, Mazola precisa recorrer a improvisos. Já foram testados Christian, Carlos Eduardo, Natan e Ralph na função. Ninguém chegou nem perto do nível do titular.

Centroavante

Zé Carlos e Lucas Coelho são os únicos da posição à disposição de Mazola Júnior. Ambos estão lesionados. Por sorte, João Paulo tem desempenhado bem qualquer função que lhe é pedida no ataque, mas não tem um reserva à altura - está suspenso para o próximo compromisso, diante do Goiás. Julimar, de 18 anos, se destacou no time juvenil do Criciúma, mas ainda não tem a experiência necessária para ser figura frequente no elenco principal. O elenco ainda conta com Kalil, também formado na base, mas que ainda não conseguiu fazer atuações sólidas nas oportunidades que recebeu.

Zagueiro

Nino e Fábio Ferreira têm estado bem nos últimos jogos, mas quem os substitui em caso de necessidade? Sandro, o reserva natural, está se lesionando com frequência nos treinos. As opções são Ianson, que nunca conseguiu sequência no Tigre, Christian, da base, e Jacy Maranhão, que ainda não fez um jogo sequer pelo Criciúma desde que chegou, em janeiro. A preocupação aumenta agora porque Nino está pendurado.

Desfalques contra o Goiás

Para o confronto da próxima sexta-feira, diante do Goiás, fora de casa, Mazola não poderá contar com o atacante João Paulo e o lateral-esquerdo Marlon, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Na lateral, o técnico conta com Artur, contratado no mês passado para a posição. No ataque, as opções são mais limitadas. O comandante já adiantou que pode dar novas oportunidades aos atletas mais jovens.


Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

O Sol Diário
Busca