Em situações opostas na Série B, Criciúma e Figueirense se enfrentam no Heriberto Hülse - Esporte - O Sol Diário
 

Duelo catarinense05/07/2018 | 06h15Atualizada em 05/07/2018 | 06h15

Em situações opostas na Série B, Criciúma e Figueirense se enfrentam no Heriberto Hülse

Tigre terá o apoio do torcedor, mas o Figueira tem bom desempenho como visitante

Em situações opostas na Série B, Criciúma e Figueirense se enfrentam no Heriberto Hülse Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
Renan Medeiros

Nove pontos separam Criciúma e Figueirense antes do duelo das 21h desta quinta-feira, o terceiro entre times catarinenses na Série B do Campeonato Brasileiro. Essa diferença os coloca em situações distintas, mas ambos precisam da vitória para atingir os objetivos mais imediatos. O Tigre quer vencer no Heriberto Hülse para deixar a zona do rebaixamento, enquanto o Alvinegro almeja o retorno ao G-4.

O fator casa exerce um papel imprevisível nesta noite. O Criciúma tem um aproveitamento melhor jogando no Majestoso (44%) do que como visitante (19%), mas essa vantagem pode não se aplicar ao confronto contra o Figueirense. Isso porque o time da Capital é mais forte fora de casa (61,1%) do que no Orlando Scarpelli (47,6%).

— Os números estão aí. Quando a equipe mandante vai muito afoita para cima do Figueirense, tem muito problema. Eles têm um time que, com espaço, é muito perigoso. Temos que ser muito rápidos em retomar a posse de bola e na recomposição da marcação — reconhece o técnico do Criciúma, Mazola Júnior.

Do outro lado, o discurso de respeito ao adversário é igual. O Figueira não acredita em favoritismo, mesmo com uma situação mais confortável que a do rival na tabela.

— Todos falam que é um clássico, sabemos a dificuldade que é jogar lá contra o Criciúma. Esperamos fazer a mesma coisa que fizemos nos últimos jogos fora de casa, tirar pontos, para se manter ali entre os primeiros colocados. Nosso objetivo é acabar o turno ali e no fim conseguir o acesso — afirma o comandante do Figueira, Milton Cruz.

O Tigre terá o desfalque o atacante Zé Carlos, que faz tratamento de hidrocele (acúmulo de líquido nos testículos) e o retorno do meia Luiz Fernando, que cumpriu suspensão na vitória sobre o São Bento. Do lado alvinegro, o técnico Milton Cruz conta com o retorno do meia Gustavo Ferrareis. O volante Pereira também volta de suspensão, mas deve ficar no banco.

CRICIÚMA X FIGUEIRENSE

CRICIÚMA
Luiz; Sueliton, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Eduardo, Marlon Freitas, Luiz Fernando e Elvis; Vitor Feijão (Andrew) e João Paulo. Técnico: Mazola Júnior.

FIGUEIRENSE
Denis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e João Paulo; Zé Antônio, Matheus Sales, Maikon Leite, Renan Mota e Ferrareis; Henan. Técnico: Milton Cruz.

ARBITRAGEM: Vinicius Furlan, auxiliado por Herman Brunel Vani e Luiz Alberto Andrini Nogueira (trio de SP).
DATA E HORÁRIO: às 21h desta quinta-feira.
LOCAL: Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma e Figueirense

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCopa SC tem confronto entre JEC e Figueirense na Arena Joinville https://t.co/xS5DjM99cqhá 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriciúma enfrenta o Paysandu para tentar chegar na metade de cima da tabela da Série B https://t.co/pp9PfPOal4há 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca