Geninho comemora ponto do Avaí sobre o Fortaleza: "Pode fazer diferença" - Esporte - O Sol Diário
 
 

 
 

Série B25/07/2018 | 08h00Atualizada em 25/07/2018 | 08h00

Geninho comemora ponto do Avaí sobre o Fortaleza: "Pode fazer diferença"

Treinador admite baixa produção ofensiva e que equipe azurra sofreu no jogo na Arena Castelão

Geninho comemora ponto do Avaí sobre o Fortaleza: "Pode fazer diferença" Crédito: JL Rosa/Diário do Nordeste
Foto: Crédito: JL Rosa / Diário do Nordeste
DC Esportes
DC Esportes

O Avaí conseguiu somar mais um ponto em jogo fora de casa, pelo empate em 1 a 1 com o Fortaleza. A equipe azurra saiu atrás no placar logo no início da partida, produziu poucas chances de conclusão e conseguiu a igualdade no finzinho, em 1 a 1, também após cobrança de pênalti. O técnico Geninho saiu satisfeito da Arena Castelão na noite de terça-feira. Isso porque, segundo ele, o ponto pode ser importante para o desfecho da Série B do Campeonato Brasileiro.

— Era um jogo difícil, falávamos isso anteriormente, um adversário qualificado, tanto que está há tempo na liderança. Acho que não fizemos um jogo do nível dos de antes, pela dificuldade do time deles e pela produção menor do que vínhamos tendo. O gol muito cedo foi um problema grande, que deu calma ao Fortaleza. De todos os jogos que fizemos, foi o jogo que mais sofremos, que o adversário mais chegou ao gol, o Aranha fez grandes defesas. Como acontece em outras partidas, desta vez meu goleiro pegou e fizemos um. É para se comemorar, e pelo campeonato embolado, um pouco pode fazer diferença — descreveu o treinador após a partida.

O empate fora de casa foi o primeiro dos dois confrontos do Leão com os líderes da competição. Na sequência, às 19h15min de sexta-feira, o Avaí enfrenta o CSA. Um resultado positivo se faz necessário apenas para saciar a torcida na Ressacada. Para Geninho, vai ser fundamental para mostrar aos rivais que sua equipe vai brigar pelo acesso.

- Sabemos das nossas limitações e desde as primeiras rodadas estamos entre os quatro ou próximos do G-4, estamos tentando nos credenciar. E depois deste jogo é o CSA, o vice-líder, são dois grandes testes. Estou contente pelo que a equipe tem feito. Ainda temos muitas coisas, trabalho e esforços grandes para chegarmos em novembro brigando pela classificação.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Avaí

 
O Sol Diário
Busca