Kleina rechaça crise após retorno à degola: "A Chapecoense vai crescer" - Esporte - O Sol Diário
 
 

Brasileirão27/07/2018 | 08h05Atualizada em 27/07/2018 | 08h05

Kleina rechaça crise após retorno à degola: "A Chapecoense vai crescer"

Treinador confia na recuperação do Verdão do Oeste para brigar contra o rebaixamento na Série A

Kleina rechaça crise após retorno à degola: "A Chapecoense vai crescer" Sirli Freitas/Chapecoense
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense
DC Esportes
DC Esportes

No que depender do discurso do técnico Gilson Kleina, a Chapecoense tem tudo para se garantir na elite do futebol brasileiro por mais uma temporada. Após a derrota para o Botafogo por 1 a 0, no Engenhão, o Verdão voltou à zona de rebaixamento após oito rodadas. Apesar da situação complicada, o treinador está confiante na melhora da equipe no decorrer da Série A do Brasileiro.

– Estamos buscando essa vitória. Estávamos confiantes em fazer um grande jogo e vencer. A Chapecoense vai crescer dentro e fora de casa. Vamos encaixar essa equipe. Ainda temos alguns jogadores que vão chegar e outros que ainda vão melhorar o rendimento – disse Kleina ainda no Engenhão.

Um dos problemas do Verdão do Oeste são os jogos longe da Arena Condá. Como visitante, a equipe disputou oito partidas e não venceu. Foram apenas três pontos somados.

– A gente sabe que jogar fora de casa não é fácil. Temos que administrar. Ficar nessa zona é ruim. Precisamos do apoio de todos. Vamos enfrentar uma das melhores equipes do futebol brasileiro e, também, a bola começar a entrar. Primeiro temos que nos ajustar em casa e, depois, pensar fora – completou o treinador da Chape.

A equipe tem 16 pontos e ocupa o 17º lugar. O Verdão volta a campo no domingo, às 19h, quando encara o Grêmio na Arena Condá pela 16ª rodada da Série A.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC


O Sol Diário
Busca