Juninho resume frustração do Figueirense com empate: "Bola não quis entrar" - Esporte - O Sol Diário
 

Série B24/08/2018 | 21h26Atualizada em 24/08/2018 | 21h26

Juninho resume frustração do Figueirense com empate: "Bola não quis entrar"

Alvinegro fica no 1 a 1 com o Brasil-RS no Orlando Scarpelli

Juninho resume frustração do Figueirense com empate: "Bola não quis entrar" Marco Favero/Diário Catarinense
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

O Figueirense teve chance, finalizou 15 vezes ao longo da partida que terminou em empate em 1 a 1 com o Brasil-RS no Orlando Scarpelli. Depois de um primeiro tempo ruim, teve mais iniciativa no segundo tempo e terminou o jogo com seis arremates na direção do gol, mas parou em Marcelo Pitol, goleiro do Xavante. Para o atacante alvinegro Juninho, não era o dia do Figueira.

—A bola não quis entrar hoje. O campo estava pesado, encharcado. Nosso time jogou bem e a bola não quis entrar. Eles jogaram por uma bola e conseguiram — disse o atleta na saída de campo.

Os gols ocorreram em um intervalo de dois minutos. Aos 39 o Brasil-RS abriu o placar e logo em seguida Felipe Amorim fez o do empate. Foi o primeiro dele com a camisa preta e branca.

- Estou feliz pelo gol, que finalmente saiu, mas infelizmente não vencemos. É um empate amargo — desabafou, também em entrevista à rádio CBN Diário.

A partir de agora, o Figueirense passa a viver o clássico de Capital. No próximo sábado, às 16h30, o embate é contra o arquirrival Avaí, na Ressacada.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

O Sol Diário
Busca