Mazola resume tropeço do Criciúma em duas palavras: "faltou competência" - Esporte - O Sol Diário
 

Simples assim28/08/2018 | 21h46Atualizada em 29/08/2018 | 10h21

Mazola resume tropeço do Criciúma em duas palavras: "faltou competência"

Para técnico, "foi um ponto ganho, e não dois perdidos"

Mazola resume tropeço do Criciúma em duas palavras: "faltou competência" Guilherme Hahn/Especial/Especial
Mazola considera que empate acabou por ser um bom resultado, dadas as circunstâncias da partida Foto: Guilherme Hahn/Especial / Especial
DC Esportes
DC Esportes

Para o técnico Mazola Júnior, não há muito o que avaliar no empate em 0 a 0 do Criciúma em casa, diante do Guarani, pela Série B do Brasileiro. Na avaliação do comandante tricolor, ficou muito claro o que faltou ao Tigre no duelo da noite desta terça-feira, no Estádio Heriberto Hülse.

— Competência. Faltou competência. Fomos competentes para criar, mas não para fazer o gol. Quando você joga com um adversário desses e cria cinco ou seis situações de gol, tem que colocar uma bola para dentro — resumiu Mazola.

O técnico considera que agora, mais do que nunca, o setor defensivo será crucial. Por isso, já reforçou a proteção à zaga com a entrada do volante Ronaldo no lugar de Luiz Fernando, que tinha características mais ofensivas.

Mazola avaliou que o empate acabou por ser um bom resultado, dadas as circunstâncias da partida. A partir dos 33 minutos, o volante Marlon Freitas precisou deixar o campo por lesão. Como o Criciúma já tinha feito as três substituições, teve que terminar o jogo com um a menos.

— Tivemos um primeiro tempo muito aceitável, bem jogado pelos lados do campo, agressivo. O Guarani só chegou duas vezes. No segundo tempo, eles equilibraram o jogo, mas ainda tivemos algumas aproximações ao gol. Depois, com a situação do Marlon (Freitas), o jogo ficou muito perigoso. Podemos ter tido um dissabor muito maior do que apenas não vencer — observou o comandante. — Ao contrário do jogo contra o Coritiba (empate em 2 a 2 no Majestoso), eu acho que aqui não perdemos dois pontos, nós ganhamos um — acrescentou.

 O empate ainda mantém o Criciúma fora do Z-4 da Série B, em 15º, mas pode perder mais duas posições com o complemento da rodada e parar da zona de rebaixamento, em 17º.

O Tigre tem uma semana para evoluir e interromper a sequência negativa na próxima terça-feira, às 20h30min, diante do Juventude, em Caxias do Sul (RS). A reapresentação do elenco está marcada para a tarde dessa quinta, no Centro de Treinamento Antenor Angeloni.


Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMudanças funcionam no Avaí e Geninho desabafa: "O burro tem um pouco de sorte" https://t.co/n88vAcfTuqhá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMazola mantém "sinal ligado" do Criciúma na Série B https://t.co/wiar6m7Gv1há 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca