Milton Cruz diz que salários atrasados não interferem rendimento do Figueirense - Esporte - O Sol Diário
 

Série B19/08/2018 | 08h33Atualizada em 19/08/2018 | 08h33

Milton Cruz diz que salários atrasados não interferem rendimento do Figueirense

"Esse grupo não é de mercenário", aponta o treinador contra o mau momento do Alvinegro

Milton Cruz diz que salários atrasados não interferem rendimento do Figueirense Marco Favero/Diário Catarinense
Foto: Marco Favero / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

O Figueirense somou apenas dois dos últimos 12 pontos em disputa. O técnico Milton Cruz deixou claro que os salários atrasados nada têm relação com o mau momento do time na Série B do Brasileiro. Após a derrota para o Goiás, por 2 a 1, no Orlando Scarpelli, o comandante do Alvinegro defendeu os jogadores e apontou que no elenco não tem mecernários. 

– Não acredito (interferência pelo atraso de salários), nesse time não tem jogador mercenário. Conversamos, os jogadores são bastante homens para falar com o presidente, todos são abertos ao diálogo. Esse grupo não é de mercenário, tem caráter. As coisas não deram certo, mas não tem interferência da parte financeira – disse o treinador. 

Milton Cruz também elogiou a postura do presidente Claudio Vernalha, a quem destacou o esforço diário para deixar em dia as finanças do clube.

– O Cláudio Vernalha tem se esforçado, eu falo que ele é um dirigente diferente e nosso perfil é de serenidade, colocar as coisas no devido lugar. Esse grupo é firme, grupo de homem, esses jogadores foram escolhidos a dedo – completou Milton Cruz.

Mesmo sem apontar os valores, Vernalha confirmou que o Figueirense está com os salários atrasados. Ele, aliás, disse que trabalha com um prazo curto para sanar as dívidas com o elenco.

– No início, quando não conheciam o perfil da gestão e no futebol, onde se tem mentira, era uma situação. Mas os jogadores falaram que não têm interferência, que confiam na diretoria. Os atletas falaram que não era isso, os recursos estão entrando, reduzimos os atrasados, esperamos quitar tudo até o fim desse mês – falou o presidente. 

O Figueirense estacionou nos 30 pontos e fora da zona de acesso na Série B. A equipe volta a campo na terça-feira, às 20h30min, quando visita o Boa Esporte, em Varginha, pela 22ª rodada da Série B.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

O Sol Diário
Busca