Avaí vence o CRB na Ressacada e se garante no G-4 da Série B - Esporte - O Sol Diário
 

Na conta04/09/2018 | 21h08Atualizada em 04/09/2018 | 21h08

Avaí vence o CRB na Ressacada e se garante no G-4 da Série B

Gol de Pedro Castro e boas defesas de Aranha conduzem Leão ao triunfo por 1 a 0

Avaí vence o CRB na Ressacada e se garante no G-4 da Série B Leo Munhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Placar curto, mas na conta. O Avaí venceu o CRB por 1 a 0 na Ressacada e se garantiu por mais uma rodada no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, diante de 3.250 torcedores, a equipe azurra sofreu um susto ou outro, porém o gol de Pedro Castro e as boas defesas de Aranha serviram ao que o Leão precisava: voltar a vencer, após derrota no clássico de Florianópolis, e chegar à sétima jornada seguida na zona de classificação para a elite nacional.

Sem tempo para degustar do triunfo, o time azurra volta a campo já na sexta-feira. No feriado de 7 de setembro, a equipe comandada pelo técnico Geninho encara o Paysandu às 18h, na Curuzu. No mesmo dia, às 16h, o CRB enfrenta o Guarani no Rei Pelé.

O jogo

Capa vestia a camisa 100 pela marca pelo clube e o vento sul atrapalhava as ligações dele e de outros companheiros ao ataque. O Avaí não conseguia causar apuros no adversário começo de jogo. O CRB tentava em finalizações de fora da área e aos 15 levou perigo. Neto Baiano mandou paulada na falta da intermediária que passou ao lado da trave. Cinco minutos depois. Airton apareceu para cutucar para fora o arremate regatiano que foi desviado e tinha a direção das redes. O primeiro chute do Leão na direção do gol foi aos 30. Capa bateu cruzado e fraco. Fácil para o goleiro.

Mas a equipe de azul passou a crescer de produção e aos 34 o gol saiu. A bola levantada na área apareceu para Pedro Castro. Ele cutucou a primeira que ficou no meio do bolo alagoano no meio da área. O camisa 6 tentou a segunda e, enfim, comemorou gol na Ressacada. Daí por diante o Avaí tomou conta do jogo, aumentou a posse de bola (52%) e garantiu a vitória parcial no primeiro tempo. Mas o cenário foi diferente no retorno do descanso. O CRB estava mais agressivo e só não empatou aos sete minutos graças a duas grandes defesas seguidas de Aranha. Na primeira ele evitou à queima roupa diante de Edson Ratinho. No rebote, Marcelo encheu o pé o goleiro se recuperou para aparecer no caminho e desviar para longe das redes azurras.

O técnico Geninho gritou na área técnica para que os jogadores do Avaí segurarem a bola e a tocassem. Serviu para neutralizar o adversário. Enquanto o time da casa não conseguia ampliar, o visitante descolava uma tentativa ou outra. Aos 30, Aranha teve que aparecer bem mais uma vez. Neto Baiano botou falta no ângulo e o goleiro se esticou todo para não permitir que a redonda encontrasse a rede. Aos 41, o Leão atentou contra a meta alvirrubra com o tirambaço de Judson que o João Carlos foi no ângulo e deu o tapa para espantar. Logo em seguida, Marquinhos Silva entrou na vaga de Romulo para trancar a defesa azurra e assegurar 42 pontos ao time azul e branco. 

FICHA TÉCNICA - Avaí 1 x 0 CRB

AVAÍ
Aranha; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, Matheus Barbosa, Pedro Castro e Gabriel Lima; Romulo (Marquinhos Silva) e Beltrán (Daniel Amorim). Técnico: Geninho.
CRB
João Carlos; Diogo Mateus, Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Tinga (Leilson), Marcelo (Felipe Menezes) e Edson Ratinho (Willians Santana); Iago e Neto Baiano. Técnico: Doriva.

GOL: Pedro Castro, aos 34 do primeiro tempo (A).
CARTÕES AMARELOS: Gabriel Lima (A). Anderson Conceição, Iago e Marcelo (C)

ARBITRAGEM: Jefferson Ferreira de Moraes, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha (trio de GO).
BORDERÔ: 3.250 torcedores, para uma renda de R$ 65.626.
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

O Sol Diário
Busca