Com um jogador a menos, Figueirense arranca empate contra o líder Fortaleza - Esporte - O Sol Diário
 

Série B04/09/2018 | 23h25Atualizada em 04/09/2018 | 23h25

Com um jogador a menos, Figueirense arranca empate contra o líder Fortaleza

Patrick foi expulso no segundo tempo, quando o time perdia por 2 a 1 na Arena Castelão

Com um jogador a menos, Figueirense arranca empate contra o líder Fortaleza STEPHAN EILERT/www.agif.com.br
Foto: STEPHAN EILERT / www.agif.com.br
DC Esportes
DC Esportes

Um empate que pode ser considerado uma vitória devido as circunstâncias. Diante do líder Fortaleza e fora de casa na Arena Castelão, o Figueirense mostrou raça e determinação para buscar a igualdade quando tinha um jogador a menos. O 2 a 2, na noite desta terça-feira, não permite que o Alvinegro retorne à zona de acesso ao término da 25ª rodada da Série B do Brasileiro, mas dá ânimo para a sequência da competição.

O Figueirense chegou aos 38 pontos, permanece na sexta colocação, mas vê a distância para o G-4 aumentar para quatro pontos. O Fortaleza, com 47 pontos, continua soberano na liderança isolada. As equipes voltam a campo no sábado, às 16h30min, pela 26ª rodada. O Figueira recebe o CSA no Orlando Scarpelli. O líder visita o Criciúma no Heriberto Hülse, no Sul de Santa Catarina. 

Um gol para cada lado

Com o apoio da torcida, o Fortaleza ditou o ritmo nos primeiros minutos. Aos cinco, o artilheiro Gustagol deu o primeiro susto nos visitantes. Em boa trama ofensiva, Marcinho serviu Dodô, que em um belo corta-luz deixou a bola chegar até Gustavo. Ele recebeu pelo lado direito e bateu forte, cruzado, mas mandou pela linha de fundo do Alvinegro.

O Figueirense sofreu uma baixa aos 11. Matheus Ribeiro, lesionado, foi substituído por Patrick. Sem lateral-direito à disposição na reserva, Milton Cruz improvisou Lucas Marques pelo lado do campo. Três minutos depois, o Alvinegro quase abriu o placar. O atacante Elton se esticou após cruzamento e tocou de esquerda, mas a bola carimbou o travessão.

Quando o duelo estava equilibrado, o Fortaleza ficou à frente do placar. Aos 23, Dodô ergueu da esquerda e Felipe emendou de primeira. A bola ainda foi tocada por Cleberson antes de vencer Denis: 1 a 0. Mas o empate catarinense foi rápido. Aos 27, Nogueira aproveitou o escanteio cobrado na segunda trave e tocou de cabeça para o fundo da rede de Boeck: 1 a 1.

Atrás da virada antes do intervalo, o Figueirense deu trabalho ao time da casa. Aos 32, Ferrareis ficou de frente para o gol, mas parou na defesa de Boeck. O Tricolor do Pici poderia ter ido para o descanso em vantagem se não fosse a arbitragem. Aos 34, Dodô mandou para a rede após rebote de Denis, mas o árbitro Ronei Alves sinalizou impedimento inexistente.

Igualdade que vale muito

O Fortaleza chegou duas vezes com perigo no início do segundo tempo. Aos três, Marlon cruzou e Gustavo cabeceou por cima. No lance seguinte, Ligger testou depois de cobrança de escanteio e também errou o alvo. O Figueirense respondeu aos sete. Diego Renan bateu o tiro de canto, e Ferrareis meteu a cabeça na bola, mas ela parou na rede pelo lado de fora.

E foi através de uma cobrança de falta, aos 11, que o Tricolor do Pici  voltou a ficar na frente. Dodô bateu pelo lado esquerdo do ataque, Denis errou ao tentar afastar com um soco, a bola deu na trave e em Matheus Sales, que estava junto à trave esquerda da meta, antes de ir para dentro do gol: 2 a 1 e festa da torcida no Castelão. 

A situação do Figueirense ficou ainda mais difícil três minutos depois de sofrer o segundo gol. Patrick derrubou Marcinho na entrada da área e impediu o atacante de ficar de frente para Denis. O volante recebeu outro cartão amarelo e foi expulso. Na cobrança da falta, Dodô bateu por cima da barreira e a bola saiu muito perto da trave direita do gol alvinegro.

A dupla vantagem do time da casa não assustou o Figueirense. Aos 19, Cleberson desviou após cruzamento, mas a bola foi pela linha de fundo. No lance seguinte, porém, Elton fez o gol de empate para calar a torcida tricolos. O ex-atacante do Ceará aproveitou a jogada de Ferrareis e Renan Mota pela direita e, quando recebeu, mandou para a rede: 2 a 2.

O Figueirense se fechou com a entrada de Trevisan no lugar de Elton. Aos 29, ele salvou com o rosto o que seria o terceiro gol do Fortaleza após a bola passar por Denis e ser cabeceada por Tinga. Aos 31, Marcinho invadiu a área e parou no goleiro do Figueira. Aos 36, Gustagol cabeceou no centro, e o camisa 1 segurou mais uma. Aos 38, ele pegou o chute de Dodô.

FICHA TÉCNICA – Fortaleza 2 x 2 Figueirense

FORTALEZA
Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Adalberto (Roger Carvalho); Jean Patrick (Romarinho), Felipe, Dodô e Marlon (Derley); Marcinho e Gustavo. Técnico: Rogério Ceni.

FIGUEIRENSE
Denis; Matheus Ribeiro (Patrick), Cleberson, Nogueira e Diego Renan; Pereira, Matheus Sales e Lucas Marques; Gustavo Ferrareis e Renan Mota (Felipe Amorim); Elton (Trevisan). Técnico: Milton Cruz.

GOLS: Felipe (F, 23'/1T), Nogueira (Fi, 27'/1T), Matheus Sales (contra) (F, 11'/2T) e Elton (Fi, 21'/2T).
CARTÕES AMARELOS:
Diego Jussani e Felipe (F). Nogueira, Renan Mota e Elton.
CARTÃO VERMELHO: Patrick (Fi).
ARBITRAGEM: Ronei Candido Alves, auxiliado por Magno Arantes Lira e Luiz Antônio Barbosa (trio de MG).
LOCAL: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

O Sol Diário
Busca