Criciúma enfrenta o Paysandu para tentar chegar na metade de cima da tabela da Série B - Esporte - O Sol Diário
 

Brasileiro22/09/2018 | 06h15Atualizada em 22/09/2018 | 06h15

Criciúma enfrenta o Paysandu para tentar chegar na metade de cima da tabela da Série B

Em caso de revés no jogo das 16h3omin deste sábado, Tigre pode voltar a ficar próximo da zona de rebaixamento

Criciúma enfrenta o Paysandu para tentar chegar na metade de cima da tabela da Série B Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
Renan Medeiros

Depois de arrancar pontos de times na parte de cima na tabela, o Criciúma tem às 16h30min deste sábado uma missão com a qual já não estava mais acostumado: enfrentar um clube que luta para deixar a zona de rebaixamento. O desesperado desta vez está é o Paysandu, 17º colocado, mas foi o Tigre quem teve mais dificuldades para se preparar para o duelo em Belém (PA), 

Com seis desfalques no time titular, o técnico Mazola Júnior fechou o último treino antes da viagem ao Pará e indicou que pode fazer mudanças no esquema para melhor adaptar aos jogadores que tem à disposição. Em nenhum outro jogo houve tantas ausências.

— Vai jogar gente que nem no banco estava. Mas nada que não estamos habituados nessa competição. Criciúma evoluiu, aprendeu a sofrer e na Série B você tem que saber sofrer — afirmou o comandante, logo antes do último treino.

Com três jogadores suspensos (Marlon, Elvis e Zé Carlos) e três lesionados (Eduardo, Marlon Freitas e Ronaldo) novidades podem aparecer no time, como Joanderson, Andrew ou Alex Maranhão. Fábio Ferreira deve continuar ajudando no meio-campo como volante. 

O Papão vive situação diferente e vai com o time quase completo. O único desfalque é o volante Renato Augusto, suspenso. A maior dificuldade do Paysandu é a pressão de estar na zona de rebaixamento e de vir de um empate contra o lanterna.

O jogo é um divisor de águas para o Criciúma na Série B. Se vencer, pode chegar à 10ª colocação e frequentar, pela primeira vez no ano, a metade superior da tabela. Em caso de derrota, pode voltar a ficar perto do Z-4. 

— Nessa situação que estamos, um jogo fora, um concorrente direto com a gente, o empate não é um mau resultado. Mas se entrar pensando assim, pela situação do Paysandu, vamos ser massacrados — alerta Mazola.

FICHA TÉCNICA - Paysandu x Criciúma

PAYSANDU
Renan Rocha; Maicon Silva, Diego Ivo, Perema e Guilherme Santos; Nando Carandina, Willyam, Thomaz e Pedro Carmona; Mike e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti.
CRICIÚMA
Luiz; Sueliton, Nino, Sandro e Iago; Jean Mangabeira, Liel, Fábio Ferreira (Luiz Fernando) e Alex Maranhão; Vitor Feijão e Andrew (Joanderson). Técnico: Mazola Júnior.  

ARBITRAGEM: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (trio de SP).
DATA E HORA: às 16h30min deste sábado.
LOCAL: Curuzu, em Belém (PA).

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

O Sol Diário
Busca