Pereira deve seguir como titular do Figueirense no jogo ante o Londrina - Esporte - O Sol Diário
 

Série B17/09/2018 | 13h57Atualizada em 17/09/2018 | 13h57

Pereira deve seguir como titular do Figueirense no jogo ante o Londrina

Com Zé Antônio em recuperação de contratura, jogador de 21 anos empresta versatilidade ao time para o duelo desta terça-feira

Pereira deve seguir como titular do Figueirense no jogo ante o Londrina Andrey Oliveira/Figueirense
Foto: Andrey Oliveira / Figueirense
DC Esportes
DC Esportes

O Figueirense vai encarar o Londrina às 21h30min desta terça-feira, no interior de Paraná. O técnico Rogério Micale comandou o último treinamento com os portões fechados para a imprensa. A escalação alvinegra para o duelo pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro é uma incógnita. No entanto, Pereira deve seguir na vaga do volante Zé Antônio. É que o titular ainda se recupera de uma contratura muscular e não foi liberado para o confronto no Estádio do Café. Caberá ao polivalente jogador de 21 anos a tarefa de proteger o sistema defensivo da equioe.

— Eu fico à vontade de volante, já joguei de zagueiro, lateral, o Micale deve ter visto. Eu converso muito com o Zé, ele me dá conselho, pela experiência que tem e ele sabe que eu estou começando agora. O Micale também passou confiança quando chegou, falou para fazer o que eu estava fazendo e que assim teria sequência boa. Quando ele precisar, estarei ali para jogar de zagueiro, lateral — falou o zagueiro de origem, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, instantes antes do embarque para Londrina.

Para a partida desta terça, o Figueirense pode contar com João Paulo, que cumpriu suspensão no 2 a 2 com o São Bento, na última sexta-feira. Um possível time para o confronto tem: Denis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e João Paulo; Pereira, Betinho, Ferrareis, Jorge Henrique e Renan Mota; Elton.

Os alvinegros buscam recuperação não apenas pelo jejum de três jogos sem vencer. Com 11 jogos pela frente, a equipe precisa elevar a produção para tentar atingir o objetivo de acesso.

— Confiante (no acesso) sempre estamos. Tem a matemática de (vitória em) oito jogos, mas não estamos pensando lá na frente. Vamos jogo a jogo, primeiro o Londrina e assim sucessivamente. Não tem uma matemática certa, é vencer e ver o que acontece no decorrer do campeonato — apontou Pereira.

Veja mais notícias do Figueirense
Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018

O Sol Diário
Busca