Segunda torre da passarela da Barra em Balneário Camboriú recebe concretagem - O Sol Diário
 
 

18/06/2013 | 17h42

Segunda torre da passarela da Barra em Balneário Camboriú recebe concretagem

Previsão é de que em dois meses estrutura receba parte metálica que unirá as margens

Segunda torre da passarela da Barra em Balneário Camboriú recebe concretagem Rafaela Martins/Agencia RBS
Cada uma das torres foi dividida em três fases, sendo que na terceira ficará o cabeamento da parte estaiada Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

A obra da passarela da Barra, em Balneário Camboriú, prevista para ser concluída em novembro, está passando pela concretagem da segunda torre. Denominada de pescoço, a torre da Barra é uma das últimas etapas do empreendimento que que tem custo inicial de R$ 22 milhões. Na outra margem, a obra alcança os últimos 10 metros de altura, para chegar aos 57 metros finais. A previsão é de que daqui a dois meses a passarela entre em processo de colocação inicial da parte metálica que unirá as duas margens, a uma altura de 25,5 metros sobre o Rio Camboriú.

Assim que estiver concluída, além de ser mais um ponto turístico e facilitar o deslocamento de quem mora entre o Centro e os bairros da região Sul, a passarela da Barra irá oferecer dois espaços gastronômicos. Os ambientes passarão por licitação e a ideia é que funcionem de forma panorâmica.

Além disso, o vão da estrutura, que terá 195 metros de comprimento por 10 metros de largura, irá permitir a navegação de embarcações com aproximadamente 24 metros de altura, acima do nível da água.

De acordo com o engenheiro Niênio Gontijo, presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú (Compur), a obra está em ritmo acelerado, com a concretagem final da torre da Barra Sul, e chegando à metade do lado da Barra.

_ Se o trabalho continuar da maneira que vem sendo conduzido, seguiremos o cronograma, com entrega da obra até o final do ano _ detalhou.

Estrutura

Os quatro pilares das duas torres terão 57 metros de altura, o equivalente a um prédio de 22 andares. Cada uma delas foi divida em três fases, sendo a primeira com 25 metros, em uma base de quase 54 metros quadrados, a segunda com altura de 22 metros, em estrutura de aproximadamente 17 metros quadrados de espessura e onde estará a passagem dos pedestres, e a terceira altura de 10 metros, na qual serão instalados flanges, por onde passarão o cabeamento de sustentação da ponte estaiada. O acesso para o alto das torres será através de quatro elevadores, dois em cada margem do rio, com capacidade para 22 pessoas.

_ A passarela da Barra será outro marco turístico para Balneário Camboriú. Irá favorecer aos moradores daquela região e à economia primária, dando impulso ao futuro Mercado do Peixe e ao Mercado Público da Barra _ diz o prefeito Edson Piriquito.

O SOL DIÁRIO

Notícias Relacionadas

Obras 03/06/2013 | 08h02

Passarela orçada em R$ 22 milhões em Balneário Camboriú pode terminar ainda mais cara

Após dois atrasos, passarela da Barra tem previsão para ser concluída em novembro

O Sol Diário
Busca