Transporte coletivo de Itajaí faz parceria com Google para disponibilizar horários na internet - O Sol Diário
 
 

Tecnologia digital19/06/2013 | 07h02

Transporte coletivo de Itajaí faz parceria com Google para disponibilizar horários na internet

Sistema será lançado nas próximas semanas, mas algumas linhas já estão disponíveis no site

Transporte coletivo de Itajaí faz parceria com Google para disponibilizar horários na internet Rafaela Martins/Agencia RBS
Marco Littig diz que falta apenas integrar algumas ruas para o sistema ficar pronto Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

Uma das maiores dificuldades para quem usa o sistema de transporte coletivo, em qualquer cidade, é saber o horário. Encontrar um ponto de ônibus com as informações é como ganhar na loteria. Imagine então se tiver como saber o itinerário das linhas. Mas isso em breve será possível em Itajaí.

A Coletivo Itajaí, empresa responsável pelo transporte público, formalizou uma parceria com a Google e deve lançar, dentro de três ou quatro semanas, a implantação de todo o sistema de horários e destinos na internet. Bastará ao usuário dizer onde está e para onde quer ir que o sistema mostrará qual ônibus pegar, quanto tempo demorará para o carro chegar e qual será o tempo de viagem. Tudo isso, na palma da mão.

O sistema está quase pronto. Falta apenas mapear algumas ruas para que ele seja lançado e entre em total funcionamento. O consultor da empresa, Marco Littig, diz que espera apenas agendar uma data com o pessoal da Google Brasil para fazer o lançamento oficial em Itajaí.

— É interesse até deles em usar o nosso modelo como case no Brasil — disse Littig.

Segundo o consultor, Itajaí é apenas o 11º município do país a implantar o sistema. E para colocar ele em funcionamento, foi feito um grande trabalho. O primeiro deles foi mapear todos os ponto de ônibus da cidade, usando um GPS em cada um deles. Depois disso, foram feitas tomadas de tempo para ver quanto tempo um veículo demora de um ponto a outro. Com tudo mapeado, os dados foram enviados ao Google, que incluiu no sistema.

— Quando o usuário escolher o trajeto, o próprio aplicativo mostrará o caminho mais rápido. Mas dará também outras sugestões e caberá a pessoa escolher — conta Littig.

A maioria das linhas já pode ser acessada via Google Maps. Quem usar computador ou notebook, basta acessar o site maps.google.com.br, digitar o destino e escolher a opção "transporte coletivo" (o ícone lembra um vagão de metrô). As alternativas aparecem logo abaixo e o usuário pode escolher a que achar melhor. Então, é apontado o ponto de ônibus mais próximo, o tempo de espera até chegar o veículo, a distância, o trajeto e o tempo total de viagem.

Nos tablets e smartphones, o ideal é deixar o GPS ligado, para que ele reconheça o local onde você está. Para quem usa o sistema Android, os aplicativos do Google já estão incluídos. Já os usuários de iOS precisam fazer download.

Sistema não identifica situações em tempo real

Num futuro próximo, o consultor da Coletivo Itajaí, Marco Littig, aponta que as melhorias no sistema vão ajudar ainda mais o usuário. A primeira delas é a mudança para o novo Google Maps, que já pode ser acessado por alguns internautas. Na nova plataforma, o site vai permitir, entre outras ações, que seja possível identificar os vários horários de um mesmo trajeto em todos os dias da semana.

— O passageiro também poderá especificar que precisa estar em determinado horário em um lugar e o site te dará a melhor opção — conta.

Apesar de divulgar os horários dos ônibus, o sistema ainda não consegue identificar quando um veículo ficar parado no trânsito, por exemplo. A tecnologia de apontar a localização em tempo real ainda não chegou ao Brasil. Mas Littig diz já estar em contato com uma empresa israelense que criou um aplicativo chamado Moovit.

— É um aplicativo colaborativo criado para o transporte público. O usuário acessa e pode informar caso esteja parado no trânsito, alertando as pessoas que esperam no ônibus. O programa também vai permitir que o passageiro possa avaliar as condições dos veículo e o comportamento do motorista, passando essas informações para a empresa — explica.

Integração

Com a iminência da implantação do sistema de transporte integrado, previsto para o início de 2014, Marco garante que a mudança no sistema será automática. Ele acredita que, no mínimo, o número de horários de ônibus na cidade deverá triplicar com a implantação desse sistema.

— Hoje, temos 470 horários e acredito que vamos passar para 1,2 mil só otimizando o sistema. Mas esse número pode chegar até 2 mil — conta o consultor.

Littig acredita até que Itajaí terá uma reação diferente de outras cidades quando a integração for implantada. Na grande maioria dos municípios, a arrecadação das empresas diminuiu nos primeiros meses. Isso porque, as pessoas que pagavam duas ou mais passagens passam a pagar apenas uma. Aqui, a Coletivo Itajaí acredita num acréscimo significativo de usuários.

— Temos conversado com diversas empresas. Em uma delas, com 1,2 mil funcionários, apenas 80 usam o sistema de transporte coletivo. Quem mora em bairros vizinhos, usa bicicleta ou moto porque é mais rápido — conta.

O SOL DIÁRIO

O Sol Diário
Busca
Imprimir