Dono de construtora cuida até dos detalhes do maior prédio residencial do país, em Balneário Camboriú - O Sol Diário
 
 

 
 

Estilo único de administrar24/07/2013 | 07h11

Dono de construtora cuida até dos detalhes do maior prédio residencial do país, em Balneário Camboriú

Rogério Rosa é até hoje o síndico de 15 edifícios que construiu, incluindo o gigante Villa Serena

Dono de construtora cuida até dos detalhes do maior prédio residencial do país, em Balneário Camboriú Rafaela Martins/Agencia RBS
Rogério Rosa atua há 30 anos no mercado da construção civil Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS
Rogério Rosa, dono da construtora do maior prédio residencial do país, em Balneário Camboriú, é capaz de parar o que está fazendo para escolher, a dedo, objetos de decoração para seus edifícios. Enquanto apresentava o Villa Serena à reportagem do Sol, na semana passada, interrompeu o assunto para definir as cores das garrafas coloridas que estarão nas prateleiras da boate do prédio e para avaliar se ficou bom o novo tapete da sala de jogos.

Confira galeria de fotos do Villa Serena, em Balneário Camboriú

Com 30 anos no mercado, Rosa desenvolveu uma maneira única e centralizadora de administrar. Até hoje, é síndico de 15 edifícios que construiu - incluindo o gigantesco Villa Serena.

- Como alguém vai cuidar disso tudo, se não formos nós? - questiona.

Nascido pobre, o dono da construtora Embraed vendia X-saladas em Itajaí quando resolveu apostar na construção civil. Sem condições para fazer viagens internacionais, copiava dos filmes que assistia o estilo de decoração neo-clássico, que acabou virando marca registrada da construtora.

Rosa não trabalha com funcionários terceirizados, e produz na própria empresa detalhes que vão dos tapetes de mármore ao gesso trabalhado no teto. Diz que não usa produtos disponíveis no mercado porque não encontraria o que quer.

- Até porque, se eu encontrasse, iria querer fazer diferente - admite.

A Embraed inaugura ainda este ano um centro de produção em Camboriú, que vai concentrar todos os trabalhos - até então, as fábricas migravam junto com as obras. A construtora também tem uma casa especializada em decoração, um resort e uma empresa de fundações, que atua em todo o país.

Uma expansão que rendeu convites para que Rosa construa em Miami e Dubai. Todos gentilmente recusados - pelo menos por enquanto.

Curiosidades do Villa Serena

- O hall de entrada tem 16 metros de altura de pé direito, o que corresponde a quatro andares, e é decorado em estilo neoclássico

- O ponto alto da entrada do edifício - literalmente - é um lustre turco de cinco metros de altura e 450 quilos. As peças de cristal foram instaladas uma a uma. A montagem levou uma semana e envolveu 15 pessoas, entre equipe técnica, decoradores e designers. Foi preciso reforço de alvenaria para que o teto suportasse o objeto de decoração

- Tapetes de mármore e formas em gesso arrematam o piso e as paredes. Tudo é feito por funcionários da própria construtora

- São sete espaços para festas, entre churrasqueiras, espaço gourmet e salões para até 150 pessoas

- Toda a área de convivência tem um perfume próprio e música ambiente

- O prédio tem salão de beleza, espaços de relaxamento com ofurôs - masculino e feminino - e salas para massagem

- Para quem malha e não quer sair de casa, há três opções de academias, incluindo um estúdio de Pilates e sala para artes marciais

- Embora o prédio não fique na Avenida Atlântica, uma passagem leva até a beira do mar

O SOL DIÁRIO

 
O Sol Diário
Busca