Julgamento de Hercílio Luz, Concórdia e Brusque é adiado novamente - O Sol Diário
 
 

 
 

Divisão Especial09/07/2013 | 20h52

Julgamento de Hercílio Luz, Concórdia e Brusque é adiado novamente

Sessão seria na noite desta terça-feira, mas deve acontecer apenas na semana que vem

Foi adiado mais uma vez o julgamento de Brusque, Hercílio Luz e Concórdia no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD/SC). Na sessão desta terça-feira, a 2ª Comissão Disciplina (CD) entendeu que não tinha competência para julgar o caso, já que ele foi designado para a 1ª CD. Por isso, o processo deve ser julgado apenas na terça-feira da semana que vem.

A decisão de adiar o julgamento partiu do relator Luciano Demaria, que foi acompanhado dos demais auditores. O procurador Carlos Frederico Braga Curi chegou a alegar que, como o campeonato está em andamento, os processos precisam ser julgados o quanto antes, mas entendeu que realmente a 2ª CD não tinha competência para julgar o caso.

O advogado Domingos Moura, que representa o Brusque e o Concórdia, disse que, se a comissão julgasse o caso, pediria a anulação da sessão justamente por este motivo. E deve questionar a atuação do Marcílio Dias no processo.

— O Marcílio Dias já fez a parte dele, que foi apresentar o que acredita ser irregular para o tribunal. Agora, o advogado dele não pode participar do julgamento porque nenhum TJD do país tem assistente de acusação. Isso é papel da procuradoria _ alega.

Brusque, Hercílio Luz e Concórdia foram denunciados pelo Marcílio Dias. A alegação do clube de Itajaí é que os três usaram atletas irregulares. O Brusque pode perder até seis pontos, o Hercílio Luz, 16, e o Concórdia, 32.

O SOL DIÁRIO

 
O Sol Diário
Busca