Implantação da Guarda Armada em Itajaí deve levar pelo menos um ano - O Sol Diário
 
 

Próximos passos21/11/2014 | 08h43

Implantação da Guarda Armada em Itajaí deve levar pelo menos um ano

Próprio orçamento do município impõe limitações para que as operações iniciem

Aprovada em segunda votação na Câmara de Vereadores nesta quinta-feira, a Guarda Armada de Itajaí ainda deve demorar para sair do papel. Apesar de não se falar em prazos por enquanto, o próprio orçamento do município previsto para o projeto no ano que vem aponta que as operações não devem iniciar antes de 12 meses.

Conforme informações da Secretaria de Segurança, são R$ 5 milhões para todo o período, que devem ser destinados à compra de equipamentos, viaturas e uniformes, entre outros itens. Os recursos só vão aumentar em 2016, com verbas calculadas em mais de R$ 12 milhões por ano, dando indícios de que a Guarda só estará completamente estruturada a partir daí.

O primeiro passo depois da sanção, que deve ocorrer na próxima semana, é definir qual empresa ou instituição de ensino vai ser responsável pelo concurso, iniciando a preparação das provas.

— O certo é que será um concurso muito difícil, que vai exigir muito dos candidatos para selecionarmos os melhores — afirma a secretária de Segurança Susi Bellini.

Leia mais:
::: Insconstitucionalidade ameaça implantação da Guarda Armada em Itajaí
::: Guarda Armada é aprova em segunda votação na Câmara de Itajaí
::: Criação da Guarda de Itajaí é aprovada na primeira votação na Câmara
::: OAB oficializa parecer contrário a Guarda Armada de Itajaí
::: Conheça os argumentos dos vereadores que são contra e favor da Guarda

Veja quais são os próximos passos para implantação da Guarda:

- Aprovado na Câmara, o projeto vai para o Executivo ainda nesta sexta-feira ou no máximo na próxima segunda-feira. Após recebimento, o prefeito Jandir Bellini (PP) tem 15 dias de prazo para sancionar a proposta, que é publicada e vira lei. Como a iniciativa da criação da Guarda partiu do próprio governo municipal, a sanção deve ocorrer rapidamente.

- Com a sanção, a Secretaria de Segurança parte para a contratação de uma empresa ou instituição de ensino para elaborar o concurso público da Guarda. Serão abertas 120 vagas mistas, ou seja, sem distinção de quantidade para homens ou mulheres. As 120 melhores notas na prova escrita serão aprovadas e seguem para as próximas etapas. Ensino médio completo e idade mínima de 18 anos serão requisitos para participar da prova.

- Depois da prova teórica o concurso terá outras quatro fases, de testes físicos, médicos, psicológicos e toxicológicos. Nos mesmos moldes dos concursos da Polícia Militar, todas as etapas são eliminatórias.

- Quem passar por todas as cinco etapas ingressa no curso de formação. Serão 600 horas de capacitação teórica e prática em Itajaí, possivelmente em parceria com as academias das polícias Civil e Militar. Durante esse período, os aspirantes recebem uma ajuda de custo e passarão por acompanhamento psicológico e preparação física.

- O curso de formação também prevê exclusão caso os candidatos não cumpram exigências mínimas durante a preparação. Por isso, só depois destas 600 horas é que quem for aprovado receberá o treinamento mais específico. O processo para regularização e uso das armas junto à Polícia Federal, por exemplo, será feito somente após o curso.

- Por fim, os futuros guardas começarão a ir às ruas acompanhando o trabalho de agentes de trânsito e fiscais da Secretaria de Segurança, em uma espécie de "estágio" para que adquiram experiência antes do início efetivo dos trabalhos.

O SOL DIÁRIO

Notícias Relacionadas

Discussão 21/11/2014 | 08h33

Inconstitucionalidade ameaça implantação da Guarda Armada em Itajaí

Investimento pode por terra caso o STF aprove Adin que questiona estatuto geral das guardas

Legislativo 21/11/2014 | 08h21

Guarda Armada de Itajaí é aprovada em segunda votação na Câmara

Projeto, que recebeu 15 votos a favor e quatro contra, agora vai para sanção do prefeito

Segurança 20/11/2014 | 07h11

Conheça os argumentos dos vereadores que votam contra e a favor da Guarda Armada de Itajaí

Projeto de lei passa por segunda votação na noite desta quinta-feira

Segurança 18/11/2014 | 22h46

Criação da Guarda Armada de Itajaí é aprovada em primeira votação na Câmara de Vereadores

Projeto teve apenas três votos contrários e houve uma ausência na sessão; proposta deve ir à segunda votação nesta quinta

Segurança 20/10/2014 | 21h11

Vereadores discutem alterações em projeto de lei da Guarda Armada de Itajaí

Objetivo é garantir conformidade com lei federal e evitar insegurança jurídica

Segurança 11/09/2014 | 19h43

OAB oficializa parecer contrário à Guarda Municipal de Itajaí

Entidade aponta pontos inconstitucionais e faz sugestões de alterações ao texto original

Segurança 05/02/2013 | 20h29

Projeto prevê criação da Guarda Municipal para 2014 em Itajaí

Serão contratados pelo menos 200 agentes por meio de concurso público ainda este ano

O Sol Diário
Busca