Edital do Floribike é adiado por falta de empresas interessadas - O Sol Diário
 
 

Pela terceira vez25/08/2015 | 14h13

Edital do Floribike é adiado por falta de empresas interessadas

Licitação para aluguel de bicicletas foi aberta em maio e consultado por mais de 20 empresas

Edital do Floribike é adiado por falta de empresas interessadas Léo Cardoso/Agencia RBS
Foto: Léo Cardoso / Agencia RBS

O edital do projeto Floribike, que pretende colocar bicicletas para aluguel em diferentes pontos de Florianópolis, foi adiado mais uma vez. Nesta terça-feira, as empresas interessadas deveriam apresentar suas propostas para explorar o serviço por dez anos, mas, segundo a prefeitura, não houve interessados.

A novela se estende há mais de dez anos, quando o primeiro projeto para a concessão foi desenhado. Desde lá, a comissão formada por Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf), Secretaria de Mobilidade Urbana e um cicloativista já modificaram o projeto três vezes para adequá-lo à licitação.

Entenda o projeto do Floripabike
"Floripabike é o sistema ideal para a cidade", diz o secretário de Mobilidade

— O Floribike não vai deixar de ser perseguido. Vamos continuar propondo quantas vezes forem necessárias e haverá um momento de combinação de interesse do investidor e do poder público — diz a arquiteta do Ipuf, Vera Lúcia Gonçalves.

De acordo com a arquiteta, mais de 20 empresas consultaram o edital, que foi lançado em maio. Pelo menos cinco dessas pediram informações adicionais aos órgãos, mas nenhuma realizou uma proposta concreta.

A comissão irá se reunir em 15 dias para avaliar possíveis mudanças no projeto. O objetivo é fazer com que ele se torne mais "atrativo" para a empresa investidora. Em uma avaliação inicial, o momento econômico repleto de incertezas, a duração da exploração do serviço e o valor do investimento inicial podem ter influenciado para que as empresas não tenham se candidatado.

DIÁRIO CATARINENSE

O Sol Diário
Busca