Reta final para a 21ª edição do Revezamento Volta à Ilha - O Sol Diário
 
 

Corrida12/04/2016 | 15h48Atualizada em 12/04/2016 | 15h55

Reta final para a 21ª edição do Revezamento Volta à Ilha

Prova ocorre neste sábado, em Florianópolis

Reta final para a 21ª edição do Revezamento Volta à Ilha Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

No próximo sábado, em Florianópolis, cerca de quatro mil corredores de 14 estados do país marcam presença no Revezamento Volta à Ilha, considerada a maior prova do gênero na América Latina. Além dos catarinenses a prova receberá atletas do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Sergipe, Bahia, Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Amazonas e Distrito Federal. Entre os corredores que participam da 21ª edição do evento, 66,4% são homens e 33,6% são mulheres, dado que mostra o crescimento do público feminino na prova, sendo que até alguns anos o número de mulheres não passava de 20%.

Revezamento Volta à Ilha terá novidades no percurso em 2016

Ao longo das 21 edições do Volta à Ilha, muitos corredores já passaram pelos trechos de praias, trilhas, dunas e asfalto que fazem parte dos 140km do percurso. No entanto, nem sempre a distância foi a mesma. Na primeira edição, em 1996, a prova era composta por 155km. Entre 1997 e 2003 a organização acrescentou alguns pontos e o revezamento passou a ter 150km. De 2004 a 2011, a prova retornou as origens com a quilometragem de 150km e em 2012 passou a ter 140km. Sendo assim, se somado a quilometragem das 21 edições do evento, contando já com os números de 2016, a Volta à Ilha já completou 2.975km, quase a mesma distância entre Florianópolis e Alagoas.

- Desde a primeira edição da Volta à Ilha nós sempre nos preocupamos em oferecer um evento de qualidade aos atletas e acredito que isso, aliado as belezas exuberantes de Florianópolis que tornam a prova ímpar, tenha sido o principal motivo para o sucesso e a longevidade do evento. Nestes 21 anos comemoramos marcas incríveis e a nossa intenção é fazer com que estes números aumentem ainda mais nos próximos anos - explica Carlos Duarte, organizador da Volta à Ilha.

Confira os 17 trechos do Volta à Ilha 2016:

1 – Largada – Avenida Beira-Mar Norte – 10,1km – Fácil
2 – Rodovia SC-401 (Decathlon) – 9,8km – Difícil
3 – Santo Antônio de Lisboa (Praça) – 8,0km – Moderado
4 – Praia da Daniela – 5,1km – Moderado
5 – Jurerê Antigo (fim da praia) – 5,3km – Moderado
6 – Cachoeira do Bom Jesus (Rua Otácilio Costa Neto) – 10,4km – Muito, muito difícil
7 – Praia Brava (Rua Ari Kardec B. Melo) – 5,2km – Difícil
8 – Praia dos Ingleses (praia, final da R. Dante de Patta) – 4,7km – Fácil
9 – Praia do Santinho (Posto Guarda-Vidas) – 8,4km – Muito difícil
10 – Praia do Moçambique – 5,7km – Muito difícil
11 – Barra da Lagoa (cidade da Barra) – 8,1km – Muito difícil
12 – Praia da Joaquina (Posto Guarda-Vidas) – 7,7km – Muito difícil
13 – Praia do Campeche (Posto Guarda-Vidas) – 4,9km – Muito difícil
14 – Praia da Armação (perto da Lagoa do Peri) – 9,3km – Difícil
15 – Praia dos Açores (Morro do Sertão) – 16,7km – O mais difícil
16 – Tapera (Fazenda da Ressacada) – 15,2km – Difícil
17 – Via Expressa Sul (Terminal de Ônibus Saco dos Limões) – 6,2km – Fácil
Chegada – Avenida Beira-Mar Norte

O Sol Diário
Busca