Carolina Bahia: nem a metade deputados entenderam as mudanças na proposta da reforma da Previdência - O Sol Diário

Opinião27/11/2017 | 03h30Atualizada em 27/11/2017 | 03h30

Carolina Bahia: nem a metade deputados entenderam as mudanças na proposta da reforma da Previdência

Presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), promoverá uma série de reuniões na residência oficial, com a presença de especialistas

Parlamentares da tropa de choque do presidente Temer estão convictos de que nem a metade dos 513 deputados entenderam as mudanças na proposta da reforma da Previdência. É por isso que o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), promoverá uma série de reuniões na residência oficial, com a presença de especialistas. Café da manhã, almoço e jantar com parlamentares servirão de pretexto para que o texto seja dissecado por técnicos do governo e também por convidados especiais.

Maia espera quebrar as resistências, reforçando a ideia de que a reforma vem para combater os privilégios da elite do funcionalismo público. Mesmo internado no hospital Sírio-Libanês, depois de ser submetido a uma angioplastia de três artérias, Temer ligou para Maia acertando a estratégia da semana. O presidente da Câmara também convocou sessão extraordinária para iniciar as discussões. No mapa de votos dos governistas, alguns deputados da bancada ruralistas que eram contra a reforma, estão dispostos a votar a favor.

Como o trabalhador rural ficou fora das mudanças, esse parlamentar já não se sente pressionado pela base eleitoral. Mesmo assim, a governo não está disposto a correr riscos: se não houver os 308 votos necessários para a aprovação, a tendência é recuar da votação. As confusões da articulação política e o impasse com o PSDB contribuem para as incertezas.

O Planalto também reforçará a campanha publicitária, destacando que os trabalhadores rurais e beneficiários de programas sociais ficam fora do novo texto da reforma da Previdência. Ministros estão sendo convocados a chamarem os deputados indecisos para conversas individuais.

***

Caldeirão

Se o apresentador  Luciano Huck de fato desistir da candidatura à Presidência ainda hoje, como está previsto, será um alívio para os tucanos. Boa parte do PSDB quer começar a reforçar a imagem do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como o nome preferido dos mercados. Empresários de Santa Catarina já estão na lista dos contatos.

Atividade

Além de conversar ao telefone, o presidente Temer recebeu a visita do ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações) e do prefeito de São Paulo, João Doria. A assessoria informava no domingo que Temer estava pedindo aos médicos para retornar às atividades ainda nesta segunda-feira. Agendas em análise para viagens aos Estados, como a possível visita a Santa Catarina, continuam valendo.

***

Frase

"É preciso que se julguem os crimes de corrupção, que ninguém suporta mais", Cármen Lúcia, presidente do STF. 

 Ministra Cármen Lúcia preside sessão do STF. Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Foto: Rosinei Coutinho / SCO/STF

Leia também:

Carolina Bahia: Centrão continua trabalhando para derrubar Padilha

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 5 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDagmara Spautz: Outlet inaugura em Porto Belo com investimento de R$ 200 mi https://t.co/ilBTEZHU7Nhá 6 horas Retweet
O Sol Diário
Busca