Bola boa: Catarinense 2018 tem 32% de gols a partir de jogada de bola parada - O Sol Diário
 
 

Estadual23/03/2018 | 12h44Atualizada em 23/03/2018 | 12h44

Bola boa: Catarinense 2018 tem 32% de gols a partir de jogada de bola parada

Dos 175 anotados em 15 rodadas, 56 foram a partir de faltas, escanteios ou pênaltis

Bola boa: Catarinense 2018 tem 32% de gols a partir de jogada de bola parada Sirli Freitas/Chapecoense
Chapecoense é o time que mais marca gols em jogadas de bola parada Foto: Sirli Freitas / Chapecoense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

De parada, apenas a nomenclatura. Porque escanteios, faltas e pênaltis foram jogadas de origem de 32% dos gols do Campeonato Catarinense 2018 até o momento. Dos 175 tentos registrados terminada a 15ª rodada, 56 foram em lances desta natureza. O jogo aéreo, no entanto, não proveu tantos. Foram 41 de cabeça (23,5% do total), e reúne os marcados em bola parada e também em jogadas de bola rolando.

Dos marcados em bola parada, praticamente um terço foi em cobrança de penalidade máxima (18 até agora). Nesta rodada do meio de semana, foram dois tentos em pênaltis – um da Chapecoense na vitória por 2 a 0 sobre o Hercílio Luz e outro que resultou no triunfo do Joinville sobre o Figueirense – e um em escanteio do Tubarão, no 3 a 2 fora de casa sobre o Brusque.

A equipe que mais marcou gols em jogadas de bola parada até agora foi a Chapecoense. Dos 18 que tem no Catarinense, 10 foram em lances assim (dois de pênaltis). Depois do Verdão está o Avaí, com oito (dois em penalidades máximas). Curiosamente, o Figueirense não conseguiu chegar ao fundo das redes com a bola parada no returno. Os seis que tem foram na primeira metade do Estadual.

Já o Concórdia é disparado o time que mais sofreu gols a partir de escanteios, faltas ou pênaltis. Metade dos 28 que tomou no campeonato tiveram essa origem. O Tubarão é o segundo no quesito, com nove tentos contraídos. A bola parada também ajuda a determinar o atual artilheiro do Catarinense. Rafael Grampola, do Joinville, tem nove na conta ao longo da competição: quatro foram em cobranças de pênaltis.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

O Sol Diário
Busca