Avaí conta com retorno de "talismã" para encarar o Londrina e voltar a vencer - O Sol Diário
 

Série B12/07/2018 | 06h10Atualizada em 12/07/2018 | 06h10

Avaí conta com retorno de "talismã" para encarar o Londrina e voltar a vencer

Aproveitamento da equipe azurra é maior quando Renato está em campo

Avaí conta com retorno de "talismã" para encarar o Londrina e voltar a vencer Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
DC Esportes
DC Esportes

Renato está de volta. E com ele a esperança do Avaí em encerrar o jejum de vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro.  O meio-campista é a novidade da equipe para o duelo das 18h desta quinta-feira contra o Londrina, no Estádio do Café. Não é apenas pelos gols do lateral que tomou conta do miolo azurra e lhe renderam seis gols até agora na competição. É que o Leão rende mais quando ele está dentro das quatro linhas com o número 19 azul nas costas. Foram três partidas de ausência até agora na campanha e a equipe não venceu enquanto esteve de fora.

Das quatro derrotas do time no campeonato, em duas ele não jogou. Com uma contratura muscular na perna direita, esteve ausente dos duelos contra o Oeste e o Goiás, em que o Leão deixou o campo sem pontos. O primeiro jogo em que foi desfalque foi na nona rodada. Suspenso, não participou do empate em 1 a 1 com o Sampaio Corrêa fora de casa. Sem ele em campo, o aproveitamento azurra é de 11,2% — um ponto em três jogos.

Com ele, o Avaí juntou 63,7% dos pontos disputados. Renato esteve em campo nas seis vitórias que a equipe tem e em três dos quatro empates azurras na campanha até aqui. Os seis gols anotados o colocam como artilheiro do Avaí nesta Série B. Rodrigão é desfalque o desfalque no ataque. Com dores musculares, ele não viajou e será substituído por Beltrán, que começa a partida como titular ao lado de Romulo.

—A equipe ganha muito com a volta dele. Coincidentemente, nossa queda aconteceu com a saída do Renato. Inegavelmente é o nosso melhor jogador. Senão tecnicamente, mas em questão tática na nossa equipe. É o artilheiro do time. A equipe cresce com ele, a bola passa e ele coloca para dentro. A gente reclama de aproveitamento ofensivo, e o Renato tem aproveitado muito isso. Esperamos que com a volta dele, a equipe volte a fazer os gols — dimensionou o técnico Geninho.

Não é apenas a novidade na formação. Com a ausência do zagueiro Alemão, pelo terceiro cartão amarelo, Marquinhos Silva deve ser mantido e jogar com Betão, que retorna de suspensão. Isso se o treinador manter o esquema com três defensores. Geninho não descarta armar o Avaí no 4-4-2 e ter um jogador a mais no meio de campo, com uma trinca de volantes: Judson, Matheus Barbosa e Pedro Castro. No ataque, a dupla Romulo e Rodrigão será mantida.

O adversário e o local da partida desta quinta-feira provocam boas lembranças aos azurras. Foi no Estádio do Café, em 2012, que o Avaí conquistou o acesso à Série A. O técnico Sérgio Soares vai para a segunda partida no comando da equipe e aproveitou os últimos dias para fazer mudanças na formação. São esperadas pelo menos três trocas, na defesa e no meio de campo.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA
Vagner; Reginaldo, Dirceu, Luizão e Fernando; João Paulo, Moisés e Dudu; Felipe Marques, Safira e Thiago Ribeiro. Técnico: Sérgio Soares.

AVAÍ
Aranha; Marquinhos Silva, Betão e Airton; Guga, Judson, Pedro Castro (Matheus Barbosa), Renato e Capa; Romulo e Beltrán. Técnico: Geninho.

ARBITRAGEM: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Wendel de Paiva Gouvêa e Daniel do Espirito Santo Parro (trio do RJ).
DATA E HORA: às 18h desta quinta-feira.
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Avaí

O Sol Diário
Busca