Policial de Rio Negrinho ferido com golpes de foice recebe alta - Segurança - O Sol Diário

Segurança28/10/2016 | 15h43Atualizada em 28/10/2016 | 21h33

Policial de Rio Negrinho ferido com golpes de foice recebe alta

PM foi atacado durante tentativa de conter um homem que sofria de surto psicótico. Durante conflito, homem acabou morrendo

Policial de Rio Negrinho ferido com golpes de foice recebe alta ana keller/Divulgação
Aeronave transferiu policial ferido para Hospital Dona Helena Foto: ana keller / Divulgação

Recebeu alta na tarde desta sexta-feira o policial militar de Rio Negrinho, Cleverson Francisco de Assis, que ficou ferido na cabeça durante a tentativa de conter um homem que sofria de surto psicótico no dia 10 de outubro, no distrito de Volta Grande, interior de Rio Negrinho, no Planalto Norte. 

:: Leia mais sobre Joinville e região em AN.com.br

O policial havia sido internado no Hospital Dona Helena, em Joinville, com golpes de foice depois da tentativa frustrada de conter a situação. A ação terminou com a morte do homem que teve o surto, identificado como Leonir Antônio Lazarine, de 46 anos. O outro policial, Marcos Romoaldo de Camargo, ferido nos braços, foi atendido no dia e liberado. 

De acordo com informações da PM, Leonir teve um surto em casa e familiares chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Sem conseguir conter o homem, o Samu pediu reforço à corporação por volta das 12h30.

A polícia declarou que todas as tentativas de contê-lo se mostraram frustradas, como o uso de armas de munição de borracha e incapacitante (de choque). Segundo a PM, Leonir recebeu o tiro quando partiu com a foice para cima de um policial já caído no chão e que corria risco de morte.

Nem a equipe do Samu nem a da PM souberam qual era exatamente a patologia de Leonir, uma vez que ele vinha de outra cidade e ainda não havia passado por consulta médica no sistema de saúde local. Os policiais receberam a informação da família de que, no momento do surto, Leonir encontrava-se sem medicação. Ele havia abandonado o tratamento que fazia na outra cidade alegando que se sentia bem.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Violência 13/06/2016 | 12h09

Integrantes de banda punk de Joinville são atacados em São Bento do Sul

Polícia Militar informou que dois dos agressores têm a suástica nazista tatuada no corpo

 

Veja também

  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros