Grupo de motociclistas causa confusão ao tentar invadir praia do Pântano do Sul  - Segurança - O Sol Diário

SUL DA ILHA15/01/2017 | 21h16Atualizada em 15/01/2017 | 23h08

Grupo de motociclistas causa confusão ao tentar invadir praia do Pântano do Sul 

Cerca de 30 membros do Abutres Moto Clube foram impedidos pelos nativos, que lembraram que desde 2015 é proibido trânsito de automóveis na faixa de areia 

Grupo de motociclistas causa confusão ao tentar invadir praia do Pântano do Sul  Raquel Wandelli/Arquivo Pessoal
Foto: Raquel Wandelli / Arquivo Pessoal

A tranquilidade da praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, foi interrompida na tarde deste sábado (14) pelo ronco de motores de quase 30 motocicletas e depois pela gritaria com a confusão que foi causada. Isso porque os motociclistas do Abutres Moto Clube queriam passar o comboio pela areia da praia, mas foram impedidos pelos moradores.

Desde o novembro de 2015, um acordo judicial impede a circulação de automóveis na praia do sul da Ilha de Santa Catarina. Há placas nos acessos ao Pântano alertando para a proibição. Mesmo assim, os motociclistas queriam passar. Apesar da resistência, pelo menos três conseguiram.

— Eles chegaram com muita agressividade, não falaram com a comunidade, não pediram autorização. Disseram muitos palavrões. Aqui é uma área de pescadores e tem muitos banhistas, muitas crianças. Colocaram todas essas pessoas em risco e ainda sujaram a praia — reclamou a jornalista Raquel Wandelli, moradora de Florianópolis e que estava aproveitando o sábado na praia.

Foi Raquel quem fez as imagens que mostram a confusão. No vídeo, um dos moradores que atende por Cau está com o neto no colo. Ele fala com um membro do moto clube que também reside no bairro.

— Tu mora aqui, pô. Tu sabe que não pode (entrar na praia). Tem estacionamento ali — orienta, indignado.

Ainda no sábado, um boletim de ocorrência foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Florianópolis. Nele, segundo informações da DP, o dono de um bar no Pântano e integrante do Abutres denuncia ter sofrido  injúria. Segundo o BO, outros moradores o acusaram de iniciar a confusão e ter agredido alguém.

Foto: Raquel Wandelli / Arquivo Pessoal

Os Abutres se intitulam um dos maiores moto clubes do mundo. Tem sedes em seis países em todos os estados brasileiros. A reportagem entrou em contato com a sub-sede do grupo em Florianópolis. Anderson Batista, subdiretor do moto clube na Capital, afirmou que não houve nenhum desentendimento.

– Assim que fomos avisados que não poderíamos estar com as motos ali, simplesmente voltamos e estacionamos na rua. Sem confusão, bate boca ou qualquer tipo de agressão.

Na página do clube na internet, é salientado que "o Abutre's Moto Clube não compactua com qualquer alusão a apologia ao crime (...) além disso, não é responsável, direta ou indiretamente, pela conduta pessoal de seus Integrantes que contrariem as leis vigentes, os quais responderão, civil e criminalmente por si".


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioGilmar Mendes diz que "tendência" é julgar chapa Dilma-Temer no TSE na semana que vem https://t.co/rZzCFu8qrHhá 12 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJustiça nega recurso de homem que matou universitário na boate Fields, em Florianópolis  https://t.co/Gc4E9HRahghá 12 minutosRetweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros