Parque de Coqueiros enfrenta degradação e insegurança - Segurança - O Sol Diário

Continente18/01/2017 | 18h43Atualizada em 18/01/2017 | 18h48

Parque de Coqueiros enfrenta degradação e insegurança

Parquinho foi fechado por falta de segurança após pergolado apodrecido cair e deixar três pessoas feridas; mas o espaço enfrenta outros problemas

Parque de Coqueiros enfrenta degradação e insegurança Felipe Carneiro/Agencia RBS
Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS


Moradores que frequentam o Parque de Coqueiros, na região continental de Florianópolis, já não tem mais o mesmo orgulho do cartão postal do bairro. Problemas como madeiras podres, falta de iluminação e assaltos viraram o assunto quando se fala num dos principais parques da cidade e que tem uma vista privilegiada para a Ilha de Santa Catarina.

No último final de semana, a Secretaria do Continente interditou o parquinho das crianças. Faixas amarelas estão amarradas em volta dos brinquedos, e o acesso, trancado. A interdição acontece dias após um pergolado de madeira cair sobre três pessoas de uma mesma família, deixando uma das vítimas presa na madeira comida pelos cupins.

Um funcionário prefeitura que não se identifica revela que todos os carramanchões do parque, como também são chamadas aquelas estruturas, estão na mesma situação. A associação de moradores inclusive já havia comunicado a Secretaria do Continente para realizar a manutenção, pois as pilastras estavam visivelmente podres. O próprio prédio da administração e dos banheiros públicos está com a estrutura comprometida, com muitas infiltrações no telhado.

Cones sinalizam local onde pergolado caiu no dia 08/01 Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Próximo ao local onde o pergolado caiu, existe uma vala que pode causar acidentes com crianças correndo e até mesmo em adultos. O lago, que tem 2m de profundidade, não possui nenhuma cerca de proteção, tampouco um aviso sobre o perigo dali.

Além desses problemas de estrutura, o Parque Municipal de Coqueiros também enfrenta a violência. A servidora pública estadual Rita de Cássia Martins, que passeia quase que diariamente no espaço com seus três cachorros, diz que não tem coragem de ir lá à noite.

— Durante o dia já é perigoso! Eu estou sempre me cuidando. Ali no estacionamento sei que roubaram carros e já vi alguns com vidro quebrado — denuncia a moradora.

Para ela, depois que a prefeitura tomou a administração do parque, que era gerido pela comunidade, os problemas de estrutura e segurança começaram. A funcionária pública também cobra que tivessem mais árvores, porque nos finais de semana as poucas sombras do lugar são muito disputadas.

Prefeitura promete entregar parque revitalizado em abril

O novo secretário do Continente, Edson Lemos, o Edinho, afirma que quando assumiu a pasta encontrou uma "situação deplorável dos equipamentos e praças do Continente" e que uma inspeção mostrou que o Parque de Coqueiros estava comprometido. Lembra que foi retirada as traves do campo de grama sintéticas, pois corria o risco da estrutura cair em quem estivesse jogando.

— O prefeito ontem (terça) esteve na Secretaria do Continente e determinou um projeto de revitalização para entregar o parque pronto em abril, quando o local comemora 17 anos — garantiu o secretário.

Edinho também informou que está sendo feito o conserto dos refletores, e dez postes já foram trocados. Sobre a questão da segurança, disse que será encaminhando um ofício à Guarda Municipal pedindo rondas constates na região e sugeriu uma parceria público-privada para um sistema de monitoramento com empresa de segurança.


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioBaleia que morreu em Barra Velha vai integrar acervo do Museu Oceanográfico da Univali https://t.co/ova0wTXP2yhá 1 diaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioReunião que irá definir fórmula do Catarinense de 2018 está marcada para o dia 6 https://t.co/8hx11OaZTchá 1 diaRetweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros