JEC joga mal e é derrotado pelo Tubarão - Segurança - O Sol Diário

Catarinense 201718/02/2017 | 21h41

JEC joga mal e é derrotado pelo Tubarão

Tricolor não teve chances de reação. Resultado complica o time, que pode cair mais na classificação

JEC joga mal e é derrotado pelo Tubarão Assessoria do JEC/Divulgação
JEC fez a sua pior partida no Catarinense Foto: Assessoria do JEC / Divulgação

O Joinville conheceu a segunda derrota no Campeonato Catarinense. Na noite deste sábado, o Tricolor fez a sua pior partida na competição e acabou seriamente punido. Mesmo diante do Tubarão, lanterna do campeonato, que ainda não havia vencido na disputa, o JEC caiu e perdeu por 2 a 0. Rentería, no fim do primeiro tempo e no começo da segunda etapa, marcou os dois gols para os donos da casa.

O resultado mantém o Joinville na oitava colocação do Campeonato Catarinense. No entanto, a equipe de Fabinho Santos pode ser ultrapassada pelo Metropolitano caso o time de Blumenau ganhe do Inter de Lages — este duelo será disputado neste domingo. O Tubarão, em contrapartida, conseguiu a primeira vitória no campeonato e agora soma quatro pontos.

Na próxima rodada, o JEC vai encarar o Inter de Lages, novamente fora de casa, na próxima quarta-feira, às 19h30, no Estádio Tio Vida, em Lages. O Tubarão recebe o Criciúma, também na quarta-feira.

O jogo

O duelo começou em ritmo bem lento em Tubarão. Sem inspiração, as duas equipes apenas se estudavam, sem criar grandes oportunidades. A partida começou a mudar aos 13 minutos, quando os donos da casa passaram a chegar mais ao ataque e incomodar a defesa do JEC.

Na primeira oportunidade, apareceu o cara do jogo: Rentería. Ele recebeu na ponta esquerda, passou por Igor, mas chutou em cima de Jhonatan. Aos 18, foi a vez de Ratão receber na ponta direita, girar e mandar de esquerda para a boa defesa de Jhonatan.

Ratão voltou a criar pelo lado direito aos 21 minutos. Em chute cruzado, a bola atravessou a área e passou por Rentería, que não conseguiu alcançá-la. Aos 33 minutos, Everton Júnior entrou pelo meio e chutou forte. A bola passou à direita do gol de Jhonatan.

No fimzinho do primeiro tempo, a pressão se transformou em gol. Em cruzamento da esquerda, Rentería meteu a cabeça na bola, no canto direito de Jhonatan, e abriu o placar.

O gol obrigou o técnico Fabinho Santos a fazer duas mudanças. Ele lançou ao campo o meia Juninho e o atacante Ciro nos lugares de Igor e Gustavo Xuxa, respectivamente. As trocas, no entanto, sofreram um duro golpe logo no começo da etapa final.

Aos dois minutos, Daniel Costa passou pelo lado esquerdo e cruzou na cabeça de Rentería, que fez o segundo gol do Tubarão.

A partir daí, o Joinville tentou reagir, mas o Peixe se fechou e deu poucos espaços. Sem inspiração, o JEC foi se entregando minuto a minuto e a derrota se consolidou.

Na reta final da partida, chamou a atenção a chuva forte, acompanhada por ventos e raios no Estádio Domingos Gonzales.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Futebol 05/02/2017 | 19h06

Mais eficiente, Criciúma derrota o JEC

Clássico no Estádio Heriberto Hülse contou com gol solitário de Jheimy, no primeiro tempo

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioZé Love deve ficar de fora, e Milton Cruz não dá sinal de escalação do Figueirense https://t.co/gQdMbThdAChá 7 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPedro Castro destaca parceria com Simião no meio de campo do Avaí: "Estamos bem entrosados" https://t.co/XDRGJAyfPxhá 8 horas Retweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros