PM encontra boi cansado e agitado e farristas conseguem fugir em Governador Celso Ramos - Segurança - O Sol Diário

Maus tratos27/03/2017 | 19h37Atualizada em 27/03/2017 | 19h37

PM encontra boi cansado e agitado e farristas conseguem fugir em Governador Celso Ramos

Comando pede a ajuda da comunidade em denúncias e imagens para identificar envolvidos

A três semanas da Páscoa, a Polícia Militar começa a registrar ocorrências de farra do boi em Governador Celso Ramos, cidade considerada um dos principais redutos de farristas em Santa Catarina. Na madrugada desta segunda-feira, PMs encontraram um boi sem brinco de identificação, com sinais de cansaço e agitado.

A farra acontecia por volta de 1h30min em Palmas quando PMs avistaram seis pessoas em torno do animal. Segundo a PM, o grupo percebeu a chegada da polícia e fugiu. A PM não tem dúvidas que o boi estava sendo utilizado para a prática. O boi foi amarrado em um poste e técnicos da Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de SC) acionados para a destinação do animal.

O comandante da 11ª Região da PM, coronel Araújo Gomes, disse que há dificuldade em prender os farristas porque eles estão cada vez mais a praticando em lugares mais afastados e ermos. O coronel pede a ajuda da comunidade em denúncias para o 190, além de imagens que possam ajudar na identificação dos envolvidos.

O trabalho educativo contra a farra em Governador Celso Ramos conta com palestras e redações em escolas e a prevenção também é feita por PMs do setor de inteligência, barreiras e operações. O Estado contratou um laçador e um caminhão para ajudar nos trabalhos de remoção dos bois que forem apreendidos. As ações fazem parte de um protocolo de cooperação com o Ministério Público de Santa Catarina.

— A PM está respondendo e vem atendendo aos chamados com operações e intervenções de madrugada como esta última, mas nem sempre as farras estão sendo realizadas em locais centrais, o que traz dificuldade, mais tempo para chegar e dificuldade para prender — comentou Gomes.

A farra do boi é crime previsto na Lei de Crimes Ambientais (9.605/98). A pena vai de três meses a um ano de detenção.

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriticada pelo MPF, absolvição de Cláudia Cruz obedeceu a critérios técnicos, dizem especialistas  https://t.co/PTuSklaM46há 42 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEm nota, Aeronáutica Boliviana contesta ausência de seguro do avião da Chapecoense https://t.co/i2Tkyaot1Ohá 52 minutosRetweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros