Polícia Civil muda endereços de duas delegacias em Florianópolis - Segurança - O Sol Diário

Remanejamento12/06/2017 | 14h21Atualizada em 12/06/2017 | 15h02

Polícia Civil muda endereços de duas delegacias em Florianópolis

Especializadas de Desaparecidos e de Repressão a Roubos trocam de prédios, mas continuarão no Centro.

A Polícia Civil está fazendo um remanejamento de endereços de delegacias especializadas em Florianópolis. Ao menos duas unidades policiais serão abrangidas neste momento: a de Repressão a Roubos e a de Pessoas Desaparecidas.

O prédio na Avenida Osmar Cunha, no Centro da Capital, alugado e que abriga várias delegacias, receberá nos próximos dias a Delegacia de Repressão a Roubos (DRR). Atualmente, a DRR fica na Avenida Mauro Ramos em um prédio locado que será entregue.

A Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD), cujo alcance é estadual, deixou o prédio da Osmar Cunha e foi transferida para a Rua Felipe Schmidt, também no Centro. O destino da DPPD é o edifício Embaixador, onde ficava a Delegacia Geral da Polícia Civil e que pertence ao Estado.

A corregedoria da Polícia Civil, hoje na Rua Bento Gonçalves, será deslocada para o prédio da Felipe Schmidt. O atual prédio da corregedoria, que é alugado, será devolvido.

As mudanças acontecem depois da ativação, em maio, do novo complexo da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na Avenida Ivo Silveira, no Continente. Construído pelo Estado para diminuir as despesas com alugueis, o novo espaço começou a ser ocupado, mas ainda não foi inaugurado. O lugar conta com três torres e representa o maior investimento da segurança pública em Santa Catarina, de R$ 89 milhões.

A Delegacia Geral da Polícia Civil funcionará no complexo. A mudança ainda não aconteceu, conforme a assessoria, por questões estruturais que estão em andamento na nova sede.

Duas delegacias podem ir para Canasvieiras

Policiais civis afirmam que o comando da instituição ainda estaria estudando transferir para o norte da Ilha de Santa Catarina, em Canasvieiras, duas delegacias especializadas hoje sediadas no Centro de Florianópolis: a de Homicídios e a de Combate às Drogas.

Elas funcionariam junto ao novo prédio da 7a Delegacia de Polícia, no acesso a Canasvieiras, que está em fase de conclusão. Nos bastidores, alguns policiais questionam internamente essas possíveis transferências, pois acreditam que haverá prejuízos à população com deslocamentos, por exemplo, em casos de depoimentos, além de ampliar os recursos da própria polícia no atendimento de crimes em outras partes distantes do norte da Ilha.

Como ficará a distribuição:

Prédio da Avenida Osmar Cunha, 263, no Centro:
- 1a DP; Delegacia de Homicídios (DH); Delegacia de Combate às Drogas (Decod); Delegacia de Repressão a Roubos (DRR, em fase de mudança).

Prédio da Rua Felipe Schmidt, 755 (Edifício Embaixador), no Centro:
- Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD); Delegacia de Jogos e Diversões e Corregedoria (em fase de mudança).

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: só uma inspiração diferenciada leva o Figueirense a um resultado positivo no Ceará https://t.co/AfWEWqDDa5há 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: Claudinei deve ter se convencido que Marquinhos é titular do Avaí de olhos fechados https://t.co/nwwODlkPS1há 16 horas Retweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros